História ZTZ-99

Published on maio 19th, 2016 | by Carlos Emilio

0

NORINCO ZTZ-99 – A terceira geração de MBTs chineses

ZTZ-99
FICHA TÉCNICA DO ZTZ-99

Velocidade máxima: 80 Km/h em estrada e 60 km/h em terreno irregular.
Alcance máximo: 450 Km (em estrada).
Motor: Um motor turbodiesel refrigerado a água com 1500 Hp de potência.
Peso: 54 Toneladas.
Comprimento: 11 m (contando o canhão)
Largura: 3,4 m.
Altura: 2,2 m.
Tripulação: 3 tripulantes.
Inclinação frontal: 60º.
Inclinação lateral: 40º.
Passagem de vau: 1,4 m
Obstáculo vertical: 0,8 m.
Armamento: Um canhão ZPT-98 estabilizado de 125 mm, uma metralhadora coaxial em calibre 7,62X51 mm, uma metralhadora Tipo 85 em calibre 12,7 X 108 mm, mísseis antitanque 9M119 Refleks lançados através do canhão, 10 lançadoras de granadas de fumaça.

DESCRIÇÃO

Por Carlos E.S.Junior do site WARFARE

Para as pessoas que são mais interessadas em assuntos militares ou mesmo estratégia e política, o fortalecimento das forças armadas da China, nos últimos 20 anos não representa nenhuma novidade. Os chineses estão construindo uma força militar extremamente poderosa com aquisições de sistemas de armas estrangeiros, notadamente de origem russa, além de desencolver seus próprios projetos, sendo alguns com evidente qualidade e boa capacidade de combate. Um exemplo bom de produto de defesa chinês é o caça J-10. Porém a força terrestre chinesa foi presenteada com um moderno carro de combate pesado que nasceu na terceira geração de MBTs fabricados localmente. Este MBT é chamado ZTZ-99, ou, simplesmente, Tipo 99. O objetivo da empresa China Northern Industries Group Corporation (GNGC/Norinco), fabricante do “99”, foi o de produzir um carro de combate que fosse tão capaz quanto os carros de combate ocidentais como o M1A1  dos Estados Unidos ou o Leopard 2, alemão.
ZTZ-99

Acima: O Type 99 é mais uma das modernas maquinas de combate chinesas que tem sido incorporadas em serviço de uma das mais poderosas forças armadas do mundo.

O Type 99 se destaca dos carros de combate anteriores por apresentar uma melhora no poder de fogo, proteção blindada e mobilidade. De fato, nesse último quesito, o 99 apresenta uma velocidade máxima (em estrada) de 80 km/h, provavelmente a mais rápida dentre os MBTs atuais. Esse desempenho é proporcionado pelos 1500 Hp de potência do motor turbodiesel cujo projeto deriva de tecnologia alemã do motor MB-871 KA501. O Tipo 99 atinge velocidade de 60 km/h em terrenos irregulares, o que também o coloca em um patamar à frente dos outros blindados. Além da vantagem óbvia de se ter um blindado que chega mais rápido nos lugares estabelecidos, a verdade é que a maior vantagem desse desempenho é permitir ao Type 99 ser um alvo extremamente difícil de se acertar no campo de batalha. Sua autonomia de 450 km permite o Type 99 operar distante de bases aliadas e por mais tempo. A carroceria deste MBT é bastante parecida com a do T-72, porém sua torre é angulosa e cheia de facetas, similar ao dos carros de combate ocidentais como o Challenger ou M-1Abrams.
ZTZ-99

Acima: Com uma torre com desenho facetado, neste angulo, o Type 99 tem uma certa lembrança com o antigo MBT  brasileiro Osório.

O ZTZ-99, como não poderia deixar de ser, foi projetado para permitir a proteção nuclear, bacteriológica e química (NBQ) a seus três tripulantes. Já a blindagem dele é de composição secreta, mas se sabe que provavelmente será a nova blindagem desenvolvida na China composta de cerâmica e alumínio. A torre, no entanto, é de aço fundido. A blindagem da carroceria do Type 99 é modular, para facilitar a substituição das partes danificadas. Em testes, essa blindagem demonstrou ser capaz de sobreviver a 7 impactos de granadas de 125 mm disparado por um T-72C e 9 impactos de 105 mm, o mesmo calibre usado pelos nossos MBTs Leopard 1A5 adquiridos de segunda mão junto ao Bundeswehr. Além dessa proteção, o Type 99 poderá ser equipado com blindagem reativa ERA, aumentando sua capacidade de sobrevivência frente as granadas de carga moldada e projéteis perfurantes de blindagem. É interessante notar que o próprio desenho do 99 contribui para sua proteção uma vez que ele tem baixa altura, se tornando um alvo mais difícil em terrenos irregulares e a distancias médias. Esse blindado tem um sistema de defesa ativo contra mísseis guiados a Laser que emite múltiplos feixes em todas as direções, desorientando o sensor do míssil e assim evitando que o míssil possa atingi-lo. Embora a China tenha tido uma forte influência russa em seus projetos militares, o 99 foge (um pouco) desse estigma.
ZTZ-99

Acima: Embora a composição da blindagem passiva do Type 99 seja uma informação bem guardada, acredita-se que ela seja bem superior a blindagem dos carros de combate russos.  Nesta foto ainda podemos ver placas da blindagem ERA na lateral traseira da torre.

Esse MBT chinês está equipado com um dispositivo de comunicação a laser capaz de enviar dados, voz e mensagens de texto. Este dispositivo fica montado atrás da escotilha do comandante e seu alcance é de 3600 metros. Outra capacidade desse sistema é a identificação amigo/ inimigo, evitando assim o incidente de fogo amigo no complexo ambiente de uma batalha de tanques. O 99 está equipado com um telêmetro a laser que opera integrado a um computador de controle de tiro ISFCS-212. Esse sistema permite, em conjunto com o sistema de estabilização do canhão, um alto índice de probabilidade de acerto no primeiro disparo, mesmo com o veículo em movimento. Existem 6 periscópios e uma mira panorâmica com visão térmica capaz de operar em qualquer condição climática e de dia ou noite. Um sistema de imagens térmica com um sensor refrigerado permite imagens a longas distancias, com foco concentrado ou de grande angular para o comandante.
ZTZ-99

Acima: A suíte eletrônica embarcada do Type 99 também é um destaque importante dos avanços incorporados a esse moderno carro de combate.

O armamento do Tipo 99 é influenciado pela engenharia russa, sendo tipicamente pesado. O canhão principal é o ZPT-98, estabilizado, em calibre 125 mm de alma lisa com carregamento automático, o que explica a redução da tripulação de quatro para três ocupantes. Este canhão consegue manter uma taxa de 8 tiros por minuto. São transportados 41 granadas, o que permite uma boa persistência de combate para este moderno carro de combate. Destas 41 granadas, 22 ficam no carregador tipo carrossel prontas para o uso. As granadas podem ser de alto explosivo (HEAT), perfurante de blindagem (APFSDS) ou de fragmentação. Como no canhão russo de 125 mm, pode-se lançar mísseis antitanque através da arma principal também. Nesse caso, o míssil usado é o 9M119 Refleks (AT-11 Sniper, pela nomenclatura da OTAN), fabricado na China sob licença da Rússia. Seu alcance é de 6000 metros e seu guiamento é feito por iluminação a laser.
Há, além do canhão, uma metralhadora pesada Tipo 85 em calibre 12,7 X 108 mm com 60 cartuchos em um cinto de balas. A cadencia é de 700 tiros por minuto e há 300 cartuchos estocados na torre. Há, também, uma metralhadora coaxial em calibre 7,62 mm, com capacidade de 2000 tiros.
ZTZ-99

Acima: O canhão ZPT-98 de 125 mm do Type 99 tem um sistema de carregamento automático que permite um desempenho de 8 tiros por minuto.

O ZTZ-99 representa uma surpresa positiva em termos de capacidade de combate e tecnologia de uma nação que até a pouco tempo se limitava a produzir cópias(algumas com desempenho bem fraco em relação aos originais), com ou sem licença, de sistemas bélicos estrangeiros. Atualmente a China usa cerca de 600 unidades do 99, número este considerado modesto quando comparado com o tamanho do ELP, que usa mais de 4000 carros de combate. A pequena quantidade de ZTZ-99 é devida ao elevado custo unitário, que chega a U$ 2,6 milhões de dólares.
ZTZ-99




O ZTZ-99 no plastimodelismo

Obviamente, o ZTZ-99 marca uma drástica evolução na forma de os chineses projetarem seus carros de combate. O interesse despertado por essa viatura no Ocidente não passou despercebido pelas fábricas de miniaturas, que providenciaram rapidamente kits nas escalas 1/72 e 1/35 dessa moderna viatura.

99 na 1/72

Aqui temos realmente pouca variedade e marcas que dificilmente são encontradas no Brasil. Até mesmo a informação sobre esses kits é difícil de se achar pois esses fabricantes não dispõem de websites.

  • Red Caboose Hobby: feito em resina na escala 1/72 na versão B. Sem informações adicionais; e
  • S-Model: esse fabricante chinês ainda é desconhecido das massas brasileiras, mas é bom colocá-lo em seu radar, pois ele oferece muitos kits difíceis de achar, especialmente soviéticos/chineses(mas também há americanos e alemães) e cada caixa traz 2 kits! Marca registrada da S-Model também parece ser as rodas e as lagartas virem moldadas juntas. No caso específico do ZTZ-99, a versão oferecida é a “A”, traz PE e decalques genéricos, além de dar opção de montar as escotilhas abertas ou fechadas(desde que você ache figuras do ELP modernas na 1/72).

99 na 1/35

Um pouco mais de liberdade de escolha é vista na escala maior.

  • Bronco: oferece as versões 99/99G e 99A1. Em todas elas, o kit vem com muito bom detalhamento, peças sem rebarbas, mas com pinos de injeção. É um kit para exercitar paciência pois as lagartas vêm com elos individuais e em 7 grades específicas, das 15 que vêm na caixa. Não há figura;
  • Panda: aqui temos um kit menos complexo que o da Bronco, ainda que venha com lagartas de elos separados. Há carência de peças para reproduzir os dutos de combustível, mas há uma grade de photo-etched para compensar; e
  • Hobbyboss: foi com ele que tudo começou. Sim, a Hobbyboss foi a primeira fabricante a lançar o ZTZ-99 no mercado em 2009 e ela vem lançando diferentes variantes desse carro, como os ZTZ-96, ZTZ-96A, ZTZ-99 e ZTZ-99B(Cybermodeler). O kit vem com photo-etched para as grelhas do motor e o molde do canhão é o melhor da escala, segundo a AMPS. O nível de detalhamento é tão alto, que não requer nenhum aftermarket para resultar num kit excelente. Os encaixes são bons e as lagartas elo-a-elo não são tão complexas de montar como as da Panda(e muito menos, com as da Bronco), sendo totalmente recomendado a qualquer modelista de veículos modernos, ainda mais chineses(Missing-lynx).

Se está interessado em ter esse interessante MBT na sua coleção, saiba que ele está a poucos cliques da sua bancada, em nossa loja virtual!
Você gosta de tecnologia militar? Fique por dentro das atuais e futuras armas que estarão em combate no campo de batalha. Siga o WARFARE no TwitterFacebook.

parceria_blog_udk_warfare


Gostou da leitura? Dê uma passada na Loja da Usina dos Kits, confira dezenas de produtos para a prática do plastimodelismo e adquira já o seu!


Tags: , , , , , , , , , , , ,


About the Author

Me chamo Carlos Emilio. Sou graduado em Gestão de Recursos Humanos e como hobby faço pesquisas sobre sistemas de armas para produção de artigos no site WARFARE. Minha experiência vem do antigo blog Campo de Batalha que eu publicava, mas que foi extinto por problemas com Google. Atualmente publico matérias novas junto com antigas, porém revisadas, e conto com a colaboração de um time de colaboradores que também escrevem artigos para o WARFARE.



Back to Top ↑