Kits lançamentos

Published on junho 21st, 2017 | by ES1

0

Novidades Ásia(Junho, 2017)

Nessa transição para a metade final do ano, os orientais arregaçaram as mangas para nos proporcionar kits de tirar o fôlego!!!

  • Aoshima

O Hino ProfiaTERAVIE-FR Histar Short Reefer(SLX400) começa o desfile de lançamentos japoneses. O caminhão pesado é 6×4 e vem com baú. Kit 1/32 HEAVY FREIGHT No.2.

Se mês passado foi a vez da EF65/60, agora é a predecessora daquela locomotiva que está à venda: a EF58 na série 1/50 ELECTRIC LOCOMOTIVE No.6.

O mangá/anime Initial D continua abastecendo a linha dos japoneses com o Toyota Corolla AE86 de Bunta/Takumi Fujiwara na 1/24. Para quem não domina as manhas de pintura automotiva(como eu), esse kit traz o diferencial de ver com a carroceria pré-decorada. Item PRE-PAINTED MODEL No.SP. Mas se quiser um Corolla AE86 mais hardcore, então anote esse código: TUNED CAR No.29. Ele traz o Trueno N2 1985 com bodykit da TRD, rodas especiais e rollcage. Escala 1/24.

A Toyota Hilux é um sucesso de vendas no Brasil desde que desembarcou aqui com a abertura das importações. Entretanto, sua história vem desde muito antes de ’92 e gerações mais antigas como a RN30 são muito usadas para customizações street ou ara offroad extremo. Na 1/24 é oferecido o kit TUNED CAR No.30, que é a Hilux 1985 RE30.

A Toyota Hiace ganha outra versão customizada, dessa vez da versão TRH200V Ver.3  de 2010: é a variante da Silk Blaze. Item TUNED CAR No.28, 1/24.

A parceria entre a BeeMax e a Asohima traz a versão que correu o Rali de Portugal de 1984 do Toyota Celica TA64. Série BEEMAX No.13, 1/24.

O helicóptero de observação e escolta Kawasaki OH-1 Ninja ganha uma versão que vem com um reboque de terra e sua tripulação(1/72 MILITARY MODEL KIT No.15).

Falar em Kawasaki e Ninja e não pensar na série de motos da fabricante japonesa é impossível. Por isso mesmo até o pessoal da Aoshima resolveu lançar mais uma versão da motocicleta nipônica: é a Ninja 1985 GPZ900R. Trata-se do item 1/12 BIKE No.43.

Quem quiser um Nissan Skyline da linha GC110 que foi fabricada entre 1972 e 1977 vai se esbaldar com o trio que chega esse mês, para todos os gostos: quer um carro familiar pero no mucho? O sedã GC110 2000GT de ’72 é a sua resposta(foto, MODEL CAR No.47). Caso prefira a versão fastback, temos o MODEL CAR No.49, com a versão HT2000GT-X de 1974. mas se seu negócio for algo realmente de pista, então a resposta é uma só: KPGC110 SKYLINE 2000GT-R. Com pneus de corrida, bodykit e gaiola de proteção, não dá pra ficar mais agressivo e lindo que isso. Item MODEL CAR No.48.

Precedendo a série GC110 estava a plataforma GC10 com o icônico Hakosuka. A versão 2000GT era um leve downgrade em relação ao GT-X, tornando-se uma versão levemente apimentada de entrada para quem não pudesse pagar por um GT-X ou o ápice da linha, o GT-R. Kit MODEL CAR No.46, 1/24.

Mais uma 400 cilindradas surge esse mês na Aoshima: é a Honda CB400T Hawk(1/12 BIKE No.42).

Talvez O esportivo mais icônico da Mazda do Século XX tenha sido o RX-7, especialmente em sua variante FD-3S que foi fabricada durante a década de ’90 e parte dos anos 2000. Agora é possível adquiri-la com as alterações estéticas da GT-Concept japonesa através do item TUNED CAR No.27 na 1/24.

O rio Kitakami deu seu nome a um cruzador leve da Marinha imperial Japonesa durante a IIGM. Esse navio, da classe Kuma, teve uma vida longa e interessante: participou do movimento contra as Ilhas Aleutas(durante a campanha de Midway); sofreu alterações para virar um trasporte rápido de tropas entre Coréia, Nova Guiné, Filipinas e Cingapura e ainda foi usado como transporte de torpedos suicidas Kaiten antes de virar um posto antiaéreo em Kure. Após o conflito, ele foi usado como navio de reparos e de repatriação de tropas. O kit 1/700 é o Nº361 da Série Waterline.

Por fim, a série de navios históricos recebe mais um kit: o Junco Chinês. Criado por volta do Século 2 a.C., essas embarcações eram utilizadas para longas viagens comerciais oceânicas (lembrando que a época das grandes navegações européias só viria 14 séculos depois!). Kit 1/350, HISTORICAL SAILING SHIPS No.5.

  • Fujimi

Esse é o mês dos porta-aviões na Fujimi. O IJN Hiyo nasceu como um transporte civil Izumo Maru e foi convertido em um navio aeródromo usado no início da guerra como transporte de aviões e em operações de guerra após Midway geralmente no sudoeste do Pacífico. Kit 1/700, item SPOT59 e ainda traz um Aichi D3A2 Val 1/72 de brinde!

Também na escala 1/700 temos o IJN Soryu que traz o Mitsubishi A5M4 na 1/72. Kit SPOT58.

  • Hasegawa

A instabilidade na Ásia causada por diversas disputas entre China, Coréia do Norte, Vietnã e Cingapura tem fomentado a indústria bélica japonesa a responder à altura, com unidades mais modernas como o JMSDF Ashigara, um destróier AEGIS da classe Kongo. Agora você pode ter esse belo navio de guerra na 1/450, composto de 155 peças, nível 3, item HSGS4095.

A Toyota é um nome de respeito no mundo de rali. Já no Grupo B, ela competia com o Celica TA64, mas foi no Grupo A durante a década de ’90 que ela ganhou mais notoriedade com o Corolla 4×4 E110 Turbo. O kit HSGS0266 é 1/24 e vem com decalques para 2 carros(Sainz ou Auriol) que competiram no Rali de Monte Carlo, 141 peças.

O que dá juntar duas das instituições mais icônicas do mundo automotivo? A resposta bem que pode ser essa Kombi Moon Eyes Delivery 1/24. O kit HSGS2249 vem com calotas metálicas entre as suas 70 peças.

A era dos ônibus espaciais acabou, mas é impossível esquecer deles que foram parte importantíssima da exploração espacial com cargas especiais conforme o telescópio Hubble. A escala é 1/200, vêm 3 astronautas em resina, todo o interior da baia de carga da nave e o telescópio! Item HSGS0821.

Se a BMW é conhecida hoje com a sua aura de carros prazerosos e afiados de guiagem é por causa da chamada Neue Klasse. Composta de pequenos carros extremamente ágeis e com tecnologia de ponta, um dos mais desejados veículos da época foi o 2002 tii, dotado de um motor de 2 litros, turbo e injeção mecânica Kugelfischer. Kit INÉDITO, 1/24, HSGS1123.

Os iranianos são os últimos a manter o Grumman F-14 Tomcat em atividade no mundo. Em homenagem aos Alicats, a Hasegawa traz o caça pesado com armamento russo(R-27, R-73, R-60 e R-77) entre as 209 peças. Kit HSGS2242.

O Mitsubishi A6M7 é uma interessantíssima novidade na 1/32: com os decalques do 302ºGrupo de Voo, ele representa uma das muitas aeronaves kamikazes dos esquadrões especiais de voo. O caça vem com tanques de combustível alijáveis e uma bomba na estação central. Há duas opções de decalques para o kit HSGS8249 e 147 peças.

  • Tamiya

Lançada pela Honda para relembrar os triunfos de suas motos no Paris-Dakar no final dos anos ’80, a CBF1000L(16042). A moto é reproduzida na 1/6, traz todo cabeamento elétrico, de combustível e hidráulico em tubos flexíveis de vinil, além de peças de metal(tanto decorativas, quanto de suspensão). Para ainda mais detalhamento, a corrente é fornecida separadamente, feita de metal como item 12674.

O Sturmtiger que já era oferecido na 1/35 recebeu um downsize e está ofertado na 1/48, vindo com um tanquista e lagartas de borracha(código 32591). Se desejar, o set 12672 traz a cobertura de Zimmerit.

  • Zoukei-Mura

Com 390 peças e mais de uma dezena de diferenças feitas a partir dos moldes do F-4J, a Zoukei-Mura está vindo esse mês com o McDonnell Douglas F-4S na 1/48, decalques para um aparelho do VF-161, sediado no USS Midway.

  • Amusing Hobby

Tenha medo do Urso! Trata-se do canhão móvel ultra-pesado alemão projetado no final da guerra, o Bär, com um obuseiro de 305mm e carroceria estendida de Tigre II. Kit 1/32, 2 opções de pintura,  35A014.

  • Dragon/Cyber-Hobby

Sem dúvida, algo diferente, temos um combo alemão esse mês: trata-se do Bergetiger e o carro de demolição Borgward. Na escala 1/35, ambos vêm em lagartas DS, PEs e cobertura de Zimmerit. Item 6865.

O kit 6876 vem com o obuseiro autopropulsado Hummel. Chamado de Sd.Kfz.167, eles tinham uma arma de 150mm montada sobre um chassi de Panzer IV. Além do mais, ele vem com as Winterketten Easy Track(link-by-link). Escala 1/35.

O grande blindado anfíbio Ka-Tsu é a novidade da Dragon: molde 100% novo, lagartas DS e PEs. Kit 6839.

Israelenses são PhDs em modificações severas em equipamentos militares importados que usam. O tanque M60, por exemplo, foi recebido e sofreu diversos upgrades, sendo a mais notável a adição de tijolos de blindagem explosiva ERA. Juntamente com os tijolos, há as metralhadoras extras ao redor da torre(uma 0.50 coaxial e duas 7,62mm para o comandante e remuniciador). As lagartas são DS, bem como a lona que protege o mantelete. Kit 3581.

  • Meng

Para decorar e diferenciar mais a sua Ford F-350 Heavy Duty 1/24, a proposta é boa:  o set MENG SPS-047 Ford F-350 Exterior Accessories vem com quebra-mato e protetores  extras para deixar sua picape ainda mais invocada e diferente.

A MENG está se aventurado mais nos mares ultimamente, lançando uma dupla peso-pesado: o DKM Bismarck(PS-003) e o USS Misouri(PS-004) na escala 1/70 com opção de montagem full-hull ou waterline. Ideais para iniciar no plastimodelismo aquele futuro marujo, esses dois navios são snap e vêm pré-pintados.

As tropas do Kaiser contavam com unidades de elite para ações de choque ou para repulsão de unidades inimigas mecanizadas. A MENG lança um set com soldados da IGM em várias poses e com diversos armamentos: granadas em cluster, metralhadora Maxim MG08, fuzis e uma submetralhadora MP18, pistolas Luger, granadas e baionetas. Kit HS-010.

  • Model Collect

MA72007: eis o BMP-3 com interior na 1/72. Ele traz PEs e lagartas plásticas peça-seção.

Fazendo o papel de elemento de dissuasão da Federação Russa, o Iskander é um sistema de míssil balístico tático de alta mobilidade para uso em diversas missões. Instalado em Kaliningrado, essas viaturas esquentaram a cabeça de muitos planejadores da OTAN. O kit 1/72 UA72105 traz a versão Iskander M 9K720 do TEL.

As torres de flak eram imensos prédios pesadamente blindados com armamentos de todos os tipos para tentar parar a avalanche aérea que se formava sobre as principais cidades da Alemanha no fim da Guerra. Dentre as muitas armas que equipavam tais estruturas, dignas de nota são as Flak40 de 128mm que são reproduzidas pela MC num reparo gêmeo. Item MC72098 1/72.

Certamente não é uma novidade que surpreenda, pois a MC já havia lançado unidades de lançamento móveis da V1 antes, mas agora é sobre o chassi do E50 que ela está baseada. Kit UA72073.

  • Trumpeter/Hobbyboss

A Trumpeter começa a marcha de lançamentos desse mês de junho com algumas novidades bem interessantes. O primeiro é um projeto soviético que teria dado uma dor de cabeça monstruosa para as forças alemãs se tivesse saído do papel: o KV-2 com arma ZiS-6 de 107mm. Criado por causa da necessidade da URSS se defender de tanques pesados com um blindado que tivesse uma arma capaz de eliminar inimigos  a distâncias para lá de 1km, o canhão ZiS-6 de 107mm foi criado praticamente do zero em pouco mais de um mês e deveria ser instalado no KV-3 com um impressionante desempenho de perfuração de 115mm a 1 quilômetro de distância de uma chapa blindada(e declinada 30º). Foi decidido, entretanto, armar os canhões de campanha e tanques com armas mais leves e baratas. Com o fim dos programas KV-3, KV-4 e KV-5, os canhões de 107mm acabaram também abandonados. O kit 07162 vem com lagartas e cabos de tração de vinil, 80 peças plásticas e uma base de exposição, além de decalques genéricos.

Outro tanque que foi sobrearmado, foi o Tigre II. Já muito conhecido por todos como o tanque mais pesado da IIGM, esse blindado chegou ao fim do ano de 1944 com a proposição de se trocar o canhão de 88mm por um de 105mm. Adaptações imaginadas, o projeto acabou não saindo do papel por causa de suas  desvantagens, como o fato de exigir mais um municiador só para manusear as cargas explosivas(a munição de 105mm era separada em 2). Esse interessante projeto foi materializado pelo kit 07160 na 1/72 com pouco mais de 30 peças, decalques genéricos, lagartas de vinil.

Se o E-50 da Modelcollect for muto caro ou complexo, uma opção é o da Trumpeter(1/72, 07123). São 40 peças, decalques genéricos e lagartas de vinil.

Já bem conhecido da galera que monta navios, o Graf Zeppelin tem seu destino bem conhecido: foi vendido parcialmente concluído para a URSS que o estudou e o fez de alvo , afundando-o após a IIGM. Mas e quem disse que esse é o Zeppelin? Trata-se do Peter Strasser, o segundo navio da classe que foi construído, mas teve seu processo de montagem parado por dois motivos principais: a Kriegsmarine disputava om a Luftwaffe o monopólio dos meios aéreos, o que enrolou por muito tempo a definição de quem operaria as aeronaves.  Também houve interferência pessoal do Führer, que queria dar prioridade dos fundos da Kriegsmarine aos submersíveis, em detrimento das unidades de superfície. No box-art é possível ver o Peter ao lado de um encouraçado da Classe H. Histórias à parte, vamos aos detalhes do kit: código 05628, 1/350, grande sortimento de aeronaves(Ar-195 , Bf-109T , Ju-87 , Fi-167), 8 grades de PEs e, ao que parece, entre as mais de 800 peças, há um disco experimental Haunebu!

Tão interessantes quanto os veículos de combate, costumam ser os utilitários. Ainda que tenha uma aura de muito menos “glamour”, essas viaturas são vitais para o funcionamento de uma força armada. Baseado no trator todo-o-terreno AT-T(que foi montado sobre o chassi do tanque T-54), o BTM-3 tinha a função de cavar trincheiras rapidamente para a ocupação de tropas o mais rapidamente possível com uma cavadora escamoteável. O kit 09502 é 1/35 e é composto de 770 peças, incluindo um cabo de reboque de metal e uma grade de PE. As lagartas são compostas de elos individuais.

A versão mais moderna do T-90 é o MS, criado em 2013 com características herdadas do T-80 e do T-72BM. O modelo 09524 é 1/35, tem 1620 peças(!!), cabos metálicos e grades de PEs. Decalques para um veículo.

O EMBRAER A-1B(81744) chega com decalques para as versões clássica e atual dos aviões da FAB(1º/16º e 1/1oº GAv). São mais de 200 peças, incluindo pneus de borracha, 2 grades de PEs, mísseis Sidewinder, bombas M-117/Snakeye/GBU-12.

No centro das atenções recentemente por causa do abate de um desses aparelhos operando sob as marcações sírias por um aparelho Super Hornet da US Navy, o Fitter(mais precisamente o Sukhoi Su-17UM3) recebe mais uma expansão na linha de ofertas com o kit 81759 na 1/48 com mais de 380 peças e decalques para 4 versões da VVS.

Para transporte ferroviário em zonas de conflito, os alemães contavam com uma série de veículos blindados especiais como caminhões e locomotivas. No caso das últimas, eram as “Panzerlok”(Locomotivas Blindadas, em tradução literal). Dentre os modelos operados pela Deutsche Reichsbahn, estavam as BR57, que eram versões militarizadas das locomotivas G10. O kit 82922 tem pouco mais de 90 peças, vem com base com trilhos e traz o vagão com tanque de água e carvão. Escala 1/72.

O encouraçado Strasbourg da Marinha Francesa foi completado em 1938 e tinha um diferente arranjo de armas(semelhante à classe Nelson inglesa) com as baterias principais à vante da super-estrutura em duas torres quádruplas. Kit 86507, 1/350, formado de650 peças, incluindo hidroavião Loire 130 e âncora de metal.

  • AFV Club

Novidade do mês de junho, o lançador triplo do sistema MIM-23 HAWK na 1/35. Item AF35283.


Gostou da leitura? Dê uma passada na Loja da Usina dos Kits, confira dezenas de produtos para a prática do plastimodelismo e adquira já o seu!


Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


About the Author

Engenheiro de computação formado na UFES e com diversos cursos na área de redes e tráfego de dados, absolutamente louco por carros, aviões, trens, tanques, caminhões, história e estratégia. É o braço técnico da UdK.



Back to Top ↑