Kits

Published on novembro 15th, 2018 | by ES1

0

Novidades Ásia(Setembro, Outubro e Novembro – 2018)

Imaginou um Antonov An-225? Só ele para carregar o mundo de novidades que os asiáticos acumulariam em 3 meses! Bora saber quais foram?

  • Amusing Hobby

Começamos bem no meio dos “What if”! Trata-se do Waffenträger(literalmente “plataforma de arma”) auf E-100. O kit 35A026 é 1/35 e vem com 3 opções de canhão.

Não, você não está imaginando errado. Seus olhos não estão pregando uma peça: é um combo de um Ferdinand 1/35(com interior) e um guindaste de manutenção Strabokran de 16t de capacidade. Combo 35A030.

  • Aoshima

O cruzador IJN Atago em sua configuração de 1944 é oferecido na série Ironclad, com escala 1/350.

O cruzador HMS Dorsetshire, que disparou as últimas salvas de torpedos no DKM Bismarck, chega na 1/700 como kit waterline mas não está sozinho: ele acompanha dois U-boot (VIIB e C), bem como aviões Sunderland, Wellington e Walrus.

O navio-escola norueguês Christian Radich foi usado até 1998 pela marinha daquele país e pode ser montado full hull com direito a estande na escala 1/350(kit SAILING SHIP No.9).

Na parte terrestre, os lançamentos são mais proliferados: o Toyota Mark II JZX100 de 2000 na 1/24 é o kit MODEL CAR No.100. Ele traz peças de personalização e rebaixamento opcionais.

O Nissan Silvia S15 R Spec é um dos esportivos mais cultuados no Japão, especialmente pela galera do “Dorifuto”. O modelo No.99 é 1/24 e traz peças para personalização opcional do carro, como partes aerodinâmicas e silencioso esportivo. Complementando, há máscaras para as janelas.

Muito diferente do que estamos acostumados a ver, o Skyline ER34 25GT sedã era uma opção para quem queria agressividade mesclada com a praticidade. Assim, caso queira um modelo bem diferente para sua coleção na escala 1/24, o kit No.88(foto) é uma ótima pedida pra quem quiser o veículo original. Já para os que almejarem um carro mais esportivo de 4 portas, o kit No.SP representa o mesmo caro, mas com modificações esportivas como apêndices aerodinâmicos e rodas/pneus especiais.

Pronto, menos mal: um Skyline coupé: a geração ECR33 1/24 representa a variante GTS25t TypeM. Pra quem não sabe, é uma versão turbinada, com 250hp, tração traseira e transmissão manual de 5 velocidades. Item MODEL CAR No.94.

Com a carroceria pré-pintada em Innocent blue mica, o kit PRE-PAINTED MODEL No.SP traz o Mazda RX-7 FD3S de ’99 na 1/24.

É isso aí! O kit SUPER CAR No.26 traz, nada mais, nada menos, que o Pagani Huayra 1/24!

O caminhão Hino Ranger aparece para compor a série HEAVY FREIGHT, sendo o kit No.9 da mesma. Essa velha família de caminhões(lançado nos anos ’60) ganha uma versão frigorífico da sua 4ª geração (pré-facelift). Escala 1/32.

Ainda em termos da temática de caminhões na 1/32, a carreta com contêiner de 12m é o kit HEAVY FREIGHT No.3.

E vamos de kits 2-em-1! O primeiro é o MODEL CAR No.93 que permite a escolha da reprodução do Toyota Chaser ou do Cresta em sua geração X90 na escala 1/24, sendo ainda possível replicar qualquer um deles em 3 subvariantes próprias: Tourer, Avante G ou Super Lucent G.

A dupla Cedric/Gloria pode ser montada(alternativamente) pelo kit MODEL CAR No.92 na 1/24, que traz peças para montar um dos dois modelos-irmãos(geração Y32), além de trazer opções de customização opcionais.

Pode achar que estou me repetindo ao falar do kit MODEL CAR No.95 traz um kit para montar um Nissan Cedric/Gloria da geração Y33 na 1/24.

O furgão recreativo Mitsubishi Delica Space Gear PE8W 1/24 é o kit MODEL CAR No.96.

Saindo da temática terrestre, o caça Focke-Wulf Ta-152H0 é pertencente à série 1/72 TRUE FIGHTER PLANES OF WWII No.SP e vem com uma grade de photo-etcheds colorida.

  • Asuka/Tasca

A novidade é o M4 Sherman Firefly Vc usado por tropas polonesas da Commonwealth durante a IIGM. O kit 35-009SA(1/35) vem com lagartas vinílicas e PEs.

  • Fujimi

O set Nº16 de guerra do Pacífico Sul traz 24 embarcações japonesas na escala 1/3000 e base. Esses navios estiveram envolvidos na campanha de Gualdalcanal, no ano de ’42, tentando interditar o aeródromo que os EUA montaram. Dentre as embarcações(waterline) estão o Hiei, Kirishima, Shoho, Zuiho e Nagara. Item 4968728401522.

Também participando da campanha de Gualdalcanal estão os navios do Set Nº 15 estão embarcações como o Isuzu, Aoba, Haruna. Escala 1/3000, 12 embarcações ao todo, item 4968728401515.

O conjunto de embarcações que participou do ataque a Pearl Harbor, em 1941 está reproduzido na 1/3000 no conjunto 4968728401492. Entre as belonaves incluídas, estão os IJN: Akagi, Kaga, Soryu, Hiryu, Shokaku, Zuikaku, Kirishima, Haruna, Tone e Abukuma.

O IJN Unryu 1/700 teve seus moldes atualizados recentemente e volta ao mercado como kit 4968728432212. Casco linha d’água.

Também na 1/700, o IJN Soryu traz casco waterline e photo-etcheds. Item 4968728432274.

O conjunto FHSP28 traz uma doca seca e um porta-aviões leve(provavelmente o IJN Kaiyo) na 1/700.

Na escala 1/200, a torre principal tripla de 460mm vem com todo o intrincado sistema multinível de remuniciamento (exibido através de uma estrutura transparente(item 4968728020365, foto). Já a versão hardcore, com photo-etcheds é a 4968728020389. Essa última ainda traz duas baterias AAA de 25mm.

O IJN Katsuragi foi o último vaso da classe Unryu a ir ao mar. Reproduzido na 1/700, esse navio viu pouca ação na guerra, mas teve importante papel na repatriação dos militares japoneses espalhados pelo Pacífico. Item 4968728432281.

O IJN Amagi 1/700 é o kit 4968728432298(water line). Segundo na classe Unryu, também viu pouca ação na IIGM, sendo ancorado e camuflado no porto de Kure. Mesmo assim foi atacado duas vezes pelos americanos, afundando parcialmente a grande embarcação.

O IJN Takao foi um cruzador pesado cuja classe tinha 4 embarcações. Lançador da mesma, ele participou de inúmeras operações ao longo da IIGM e, ao contrário do grosso da força japonesa de superfície, sobreviveu ao conflito! O kit 45EX-1/4968728432236 vem com pedestal e casco completo.

Irmão do Takao, o IJN Maya 1/700 é o kit 68EX-1/4968728432243. Assim como o Takao, o Maya participou de inúmeras operações por todo o Pacífico, desde as Ilhas Aleutas até o Golfo de Leyte. Torpedeado por um submarino, acabou afundando durante esse combate. Kit full hull, 1/700.

O kit 46EX1 traz o IJN Amagi. Para os desavisados, o Amagi era uma classe de cruzadores de batalha que a Marinha Imperial construiria, entretanto, devido a toda uma sorte de circunstâncias, o único casco da classe foi convertido em porta-aviões, o IJN Akagi. Assim sendo, o kit traz o design do navio, caso ele tivesse sido terminado como cruzador de batalha. E ainda vem com PEs!

Com quase 260 peças, o USS Kitty Hawk(CV-63), versão de 1990, está sendo disponibilizado na 1/700, contando com aeronaves como o F/A-18, SH-60 e o F-14. Como se não bastasse, ainda há PEs inclusos no kit SWM38EX-1/4968728451350.

O kit ML9 traz um interessante veículo militar japonês atual de defesa de ponto: o Mitsubishi Tipo87. Montado sobre o chasse adaptado do tanque Tipo74, foi montada uma torre com um par de canhões Oerlikon de 35mm, guiada por radar orgânico(ou por uma unidade rebocada). E é o primeiro veículo militar da Fujimi a ser oferecido na 1/72(que geralmente só trabalha na 1/76).

O combo SWA2(4968728762326) traz um par de blindados Tipo74 na 1/76.

A Toyota Vellfire ZA G Edition 1/24 vêm para os iniciantes em carros com carroceria pré-pintada nos tons branco(4968728066080) e preto(4968728066097).

O Mini Cooper S 1/24(RS64/4968728126630) vem com teto solar opcional e pode ser montado com a mão de direção errada inglesa ou esquerda.

Fechando, temos um par de motos policiais. A Honda Monkey 1/12(BIKE15EX1/4968728141770) vem com peças cromadas e decalques para uma unidade alocada às forças policiais da Prefeitura de Saitama.

Também alocada à polícia de Saitama, a Honda CB1300P(BIKE14EX1/4968728141763) é 1/12.

  • Hasegawa

O set de figuras 1/24 com um par de mulheres dos anos ’90 chega com código FC02(29102).

Mais um set de figuras com 2 moças em maiôs para Paddock de corrida dos anos ’90. Kit FC03(29103).

A figura de uma simpática mocinha na 1/12 trajando um cardigã é o kit SP388, composto por 6 peças em resina.

O WEC/WSC é um dos celeiros mais importantes para as montadoras de carros, que testam novas tecnologias, levando-as ao limite. O Nissan R91CP foi uma das versões da família R89/R90/91 a correr nos início dos anos ’90. O kit HC31(21131) é 1/24 e é formado de 124 peças.

Também na 1/24, mas em uma área totalmente diferente, o Mitsubishi Lancer Evo III de 1996 é o kit 20365(20365), composto de 132 peças e com 2 opções de decalques para carros que competiram no Rali Safari.

Além do Lancer, o Toyota Corolla hatch de 1998 que competiu no WRC é o kit 20371, composto de 149 peças e decalques para 2 veículos.

Outro Corolla de pista, dessa vez o Levin do JTCC nas cores do time da Kawasho correu em 1992 e é representado pelo kit 20367 na 1/24.

Ainda falando de JTCC, mas voltando um pouco mais no tempo, temos aqui o Nissan Skyline R31 do time Ricoh, que correu na década de ’80. O kit 20372 vem com 97 peças e decalques para  temporada de ’88.

O Mitsubishi Galant GTO 2000GSR 1/24 de 1973 é o kit 21130, com 115 peças.

O Honda RA272 de Fórmula 1 na escala 1/24 que venceu o GP do México de 1965 volta à oferta com o código 20375.

O caça stealth F-35B da JASDF(com uma pintura what if) na escala 1/72 tem 101 peças e código 02291.

O combo de aviões da Marinha Imperial na 1/72 compostos pelo E13A1 Tipo11 e o A6M2-N Tipo 2 é composto de 98 peças, com decalques para um aparelho cada. O código é 02289.

O Mitsubishi F-15J 1/72(02290) tem 138 peças e decalques para um aparelho.

Do lado russo, temos o Sukhoi Su-35S 1/72 traz decalques para a VKS russa e para PLAAF chinesa. O kit 02288 tem 299 peças.

Numa escala maior, temos o Nakajima B5N2 1/48(07472, 109 peças, decalques para um aparelho voado em 1941).

A conversão para caça noturno do Focke-Wulf FW-189A(02286) vem com decalques para dois aparelhos e é composta por 135 peças. Essa interessante conversão era dotada de um radar Lichtenstein C1 para detecção de alvos.

O bombardeiro Kawasaki Ki-48-II Tipo 99 é um bombardeiro leve usado pela IJAAF e vem na 1/72 com duas versões representáveis(86 peças, 02287).

O Airbus A320 Neo 1/200 nas cores da ANA é o kit 10828.

O Polikarpov I-16 1/32 pode representar uma aparelho da VVS ou da VMF soviéticas. São 115 peças para o item 08256.

O porta-aviões IJN Shoho 1/700 waterline tem código 30055, PEs e um complemento de Zeros e B5N. São 84 peças.

O contratorpedeiro IJN Akishimo 1/700 waterline é o modelo 467, com 97 peças.

Outro destróier, o IJN Arashio em sua configuração de 1943, é o kit 468. Waterline, a embarcação tem 90 peças.

A moto Kawasaki KH400 1/12 tem 160 peças e é o kit BK6.

  • Model Factory Hiro

A Ferrari 250F 1/12 da MFH é composta de múltiplos materiais como resina, alumínio, white metal, PEs, borracha e acrílico. Com isso, é possível representar os detalhes com a maior fidelidade possível. Como de praxe, o carro vem em diversas variações como a K674 que vem com o carro que competiu no GP da Argentina de 1957(decalques para dois carros diferentes); K675(GP de Mônaco de ’57, algumas alterações mínimas na carroceria e escape, 2 carros representáveis alternativamente); K676(GPs da França ou Alemanha de ’57, vem com modificações no capô) e K677(GP da Itália de ’55, carroceria mais pesada e aerodinâmica, foto).

Ainda falando de Ferraris de F1, mas avançando algumas décadas, temos a 312T2 1/12. Aparecida em 1976, era evolução do desenho original da 312T que deveria correr naquele ano em substituição às 312B. O carro surge em três opções: K685(GPs EUA-Oeste ou África do Sul), K686(GP da Alemanha, alterações no retrovisor, e capô) e K687(GPs da Holanda ou Canadá, com alterações no capô). Curiosidade para os que têm, o carro representável pelo kit K686 foi o que Nikki Lauda pilotava em seu fatídico acidente em Nürburgring e é representado no filme Rush de 2013.

Ah, o Grupo C e seus lindos bólidos de endurance!!! O Porsche 962C é um dos grandes expoentes dessa era e ganha uma réplica multimídia para montagem na escala 1/12. Como é de se esperar, o Porsche vem em várias opções de decoração: K678(Le Mans – 1986), K679(Le Mans – 1987, alterações nas portas e motor) e K680(Le Mans – 1988, capô e laterais modificadas).

  • Platz

O Convair F-106A aparece na oferta da Platz com um pack de 2 kits completos na 1/144 com decalques para 3 aparelhos providos pela Cartograf. Curiosidade: o Projeto Eclipse foi uma parceria entre o governo dos EUA com a KST Inc. para demonstrar que uma aeronave poderia ser rebocada por um avião e reusada posteriormente usando um QF-106(drone aéreo reconvertido para uso como aeronave tripulada que era rebocado por um avião C-141). E sim, o teste foi exitoso!

O kit RW144SP traz o Mitsubihi UH-60J 1/144 nas cores da JASDF.

  • Pit Road

O cruzador leve classe Cleveland USS Miami(CL-89) 1/700. O kit W209 pode ser montado com casco completo ou linha d’água e vem com 2 aviões OS2U.

O contratorpedeiro USS Gearing(DD-510) foi o navio lançador da classe, indo ao mar em 1945. Com 89 embarcações construídas, o navio veria pouca ação até a crise dos mísseis de Cuba, nos anos ’60. Embora represente a versão inicial, com um pouco de pesquisa e scratch, pode ser convertido para o padrão FRAM modernizado e posto nas cores de nossa Marinha(2 unidades foram operadas: Mariz e Barros e Marcílio Dias). Voltando ao kit SPW51, é escala 1/700, com casco linha d’água.

A Messerchmitt AG não focava apenas nos caças pequenos e ágeis. O Me-323D1 Gigant é o extremo oposto disso e surge como kit SN20 1/144.

O destróier leve IJN Mikura 1/700 é o kit SPW52. E na caixa, há dois kits waterline completinhos!

O IJN Musashi com as atualizações de 1944 na 1/700 vem com PEs e é o kit W201E.

O HMS Warspite de 1942 na escala 1/700 é o modelo W217. Ele tem casco selecionável(completo ou linha d’água) e vem com peças em PE.

O cruzador USS Vincennes da Classe New Orleans é o kit W218 na escala 1/700. 

Ainda no capítulo de cruzadores, o DKM Admiral Hipper(1941) 1/700 vem como kit W219.

O DKM Bismarck 1/700 é o modelo W192, vindo com PEs, aviões de reconhecimento Ar-196.

Como a temperatura anda aumentando muito no Mar dos Sul da China, cada vez mais kits das nações que têm interesse têm aparecido, especialmente as embarcações. Esse é o caso do Atago da JMSDF(JB18). O Destróier AEGIS 1/350 vem com um helicóptero SH-60K, um míssil Harpoon e Standard. O casco pode ser montado inteiriço, ou waterline.

  • Studio 27

Quase esquecida pela maioria de nós, a Modena S.p.A foi um dos times a correr a temporada de F1 no ano de 1991. Com carros motorizados por usinas Lamborghini e pilotados por nomes como Nicola Larini e Eric van den Poele, a Studio achou uma boa colocar no mercado os carros dessa obscura equipe de corrida na 1/20 como os kits FK20339(GP dos EUA) e FK20340(GP do Japão). Ambos kits vêm com peças em resina e PEs.

Revitalizada após uma temporada ruim em ’96, a Jordan abandonava a pintura azul-branca-vermelha, em favor de uma em amarelo e preto, com um focinho de cobra estilizado para 1997. Por dentro, o coração da máquina era um Peugeot A14 V10 3.0l. A Studio coloca nas prateleiras duas versões desse interessante carro: FK20341(GP do Canadá) e FK20342(GP da Bélgica). Escala 1/20.

Na longínqua temporada de 1980(e na de ’81 também para falar a verdade), a Lotus-Ford competiu com o Type81. Esse carro possuía um motor Cosworth DFV 3.0 V8 e, ainda que não fosse um carro completamente inovador, também estava longe de ser ruim. Mesmo assim, possuía alguns problemas de dirigibilidade que levariam o time a produzir carros como o Type 86 e 88. O ’81 vem em 3 versões na 1/20: FK20326(GP do Brasil), FK20327(GP da Áustria, com alterações no capô) e FK20328(GP EUA-Oeste, com aerofólio dianteiro).

  • Tamiya

O White M3A1 Scout Car 1/35(35363) vem com 4 figuras e opções de decalque para os exércitos dos EUA ou URSS.

O caça-tanques SU-85 1/35 é o kit 35072, vindo com uma figura e acessórios extras para o exterior.

Ainda usando o mesmo chassi, temos o SU-122, um canhão auto-propulsado com um obuseiro de 122mm instalado numa casamata sobre o chassi do T-34. Assim como o SU-85, vem com um tripulante, tem as escotilhas posicionáveis e traz lagartas de borracha.

Assim como o M4 americano, o T-34 seria a espinha dorsal da cavalaria de seu país. Assim como o M4, o T-34 não era(curiosamente) o modelo desejado para entrar em combate, sendo visto como uma solução temporária até que, no caso dos soviéticos, o T-34M entrasse em produção. Acontece que a guerra veio e, mesmo com suas fraquezas e limitações, o T-34 se mostrou bastante equilibrado para combater. Em 1943 ficou evidente que a arma F34 era insuficiente para lidar com os Tigres e Panteras, assim o canhão D5-T e D-5-T entraram em ação, forçando um redesenho completo da torre. Além da torre e arma, o T-34-85 ganhou mais blindagem e diversas melhorias que o tornaram efetivo ao longo do final da IIGM e relevante como peça militar até conflitos como o da Bósnia nos anos ’90! O kit 35138 vem com decalques para 3 veículos soviéticos e um norte-coreano.

O KV-1B da Tamiya é, essencialmente, um KV-1 com blindagem extra(chamada de Ekranami) para conter armas antitanque mais potentes(e driblar a má qualidade metalúrgica soviética daquele período). O kit 35142(1/35) vem com um tripulante, escotilha do comandante posicionável e decalques para 3 veículos, além de inscrições patrióticas comumente vistas naqueles veículos.

Em comemoração aos 50 anos dos kits de militaria da Tamiya, os japoneses estão com uns modelos bem especiais, como os Panther D 1/35(25182): ele vem com 2 figuras(uma inteira), cano do canhão de 75mm em metal torneado, PEs e lagartas elo-a-elo. Decalques para 3 viaturas.

Na mesma linha temos o Pz.Kpfw.IV Ausf.J 1/35: PEs, cobertura em Zimmerit e 8 figuras estão inclusas para quem comprar o kit 25183.

O Nissan 370Z da Tamiya é 1/24 e traz decalques que diferenciam essa versão especial, bem como adesivos metálicos para os emblemas e espelhos. Item 24348.

Motos esportivas são são bastante bacanas…Mas imagina uma moto esportiva com farol escamoteável! Eis a Suzuki GSX 750S Katana cuja réplica 1/12 e o kit 14034. Espere suspensão traseira funcional e farol móvel na frente. Ainda vem com mangueiras flexíveis para replicar o cabeamento do motor.

A Yamaha YZF-R1M 1/12 é o kit 14133, vindo com os mesmos refinamentos da Katana(exceto o farol móvel, porque ela mesma não tem).

A Honda CB750-4 1/6 é o kit 16001. Suspensão funcional, motor destacável, além de suporte e estande móveis acompanham esse super kit em edição limitada.

A Suzuki RG250 Gamma 1/12 é o kit 14029. Entre as peças, há estande para a moto e cabeamento completo para o motor.

  • Bronco Models

O M19A1 era resposta do US Army contra a aviação Norte-coreana e Chinesa durante a Guerra da Coréia. Armado com dois canhões de 40mm, o kit CB35148 vem com lagartas elo-a-elo, suspensão funcional, PE e decalques para 4 viaturas, incluindo unidades americanas e sul-coreanas.

  • Dragon/Cyber-Hobby

O Smart Kit do caça-tanques Nashorn 1/35 merece encabeçar a lista, pois é um kit 4-em-1! Ele pode ser montado como versão de comando ou em 3 variações do lote inicial de produção. Esse kit virá com culatra do canhão de 88mm móvel, 3 tipos de travas da arma principal, blindagem extra, portas do compartimento de combate posicionáveis, 2 opções de rodas de tração e PEs constam na caixa do item 6459.

A icônica Flak36/7 de 88mm 2-em-1 passa a ser ofertada como kit único, simplificando a linha da Dragon Models(já que antes havia 2 kits separados para representar as Flaks 36 e 37). O novo kit 6923 é 1/35, vem com PEs, pode ser montado em posição de tiro/transporte, vem com os canhões das Flaks 18 e 36/7, tem 3 escudos opcionais(e mesmo a possibilidade de não os inserir). Há caixas de munição e as sapatas de estabilização podem ser posicionadas para compensar um terreno desnivelado(como no modelo real)! Kit 6923.

O Panther Ausf.F com a Schmallturm na 1/35 é o kit 6917. Ele vem com lagartas DS, PEs, blindagem extra contta ataques aéreos, sistema de visão noturna, escotilhas da tripulação e suspensão posiocionáveis, portas de ventilação do motor, 2 montagens de metralhadora alternativas e sistema de aquecimento opcionais para a tripulação.

O caça-tanques pesado Elefant 1/35 2-em-1 chega como kit 6871. E o que ele dá de opção? A capacidade de montar o blindado com ou sem Zimmerit. Em adição, espere por um cano da arma principal em alumínio torneado, lagartas DS e cabo de reboque metálico.

Com a expectativa de se invadir a Inglaterra, a Alemanha começou a preparar modelos para essa empreitada como o Pz.Kpfw.III(T) Ausf.E ou Tauchpanzer III. Reproduzido na escala 1/35 pelo kit 6877, o modelo vem com guarnições para isolamento e mangueiras em material DS(assim como as lagartas), PEs, nova cúpula para comandante, snorkel e, de bônus, uma figura do General Heinz Guderian!

O reboque Sd.Kfz.7 aparece com o obuseiro s.FH.18 de 150mm na escala 1/35(6918). Então, melhor falar de cada um dos itens desse combo: o obuseiro pode ser elevado, vem com arma de alumínio torneado e pode ser montado em posição de disparo ou transporte. Já o caminhão vem com motorização completa, porta-trecos com portas posicionáveis, lagartas de plástico elo-a-elo, pneus em material DS e PEs.

O kit 6617 traz o Sherman Composite Hull 1/35 usado pelos ingleses na Batalha de El Alamein. Em relação ao modelo anterior, dessa vez, o kit vem com lagartas Magic(elo-a-elo) e uma grade generosa de photo-etcheds. Dois tipos de armas de 75mm alternativos são providos, bem como escotilhas posicionáveis. Ainda falando em Shermans 1/35, o M4A1 DV(Direct Vision Port) do US Army é o kit 6618 e a maior diferença para o primo inglês é a ausência das saias laterais no último.

O M132 IFV é um M113 com um “tempero a mais”: um sistema de lança-chamas M10-8. Além da torre nova, o interior recebeu algumas modificações e a adição dos tanques de Napalm, oxidante e bomba de alta pressão. As lagartas são Neo(elo-seção) e há uma série de cargas extras(sacolas, mochilas, etc..) em material DS. Escala 1/35, 3621.

Um trio soviético chaga na 1/72: o T-34 Mod.42(7601) traz a versão inicial do blindado naquele ano, com a torre moldada(seria substituída posteriormente pelo modelo hexagonal) e rodeio integralmente composto com rodas com bordas emborrachadas. O modelo vem com decalques para 2 veículos e as escotilhas são posicionáveis.

O T-34/76 Mod.42 1/72 com torre hexagonal, rodeios mistos(rodas com borda de borracha e só de metal, em vez de rodas exclusivamente com as bandas de borracha das versões anteriores) e decalques Cartograf é o kit 7595.

O T-34 Mod.43 1/72 traz, como grande diferencial a cúpula para o comandante, inspirada nos modelos alemães. Traz as escotilhas posicionáveis(exceto a do comandante), rodeio misto, tanques de combustível extras e lagartas DS. Decalques para 2 veículos providos pela Cartograf e código 7596.

  • Kittyhawk/Panda Hobby

O FMC M8 AGS era uma pretensão do US Army de equipar-se com um veículo leve para substituir o M551 Sheridan. Embora o projeto tenha sido cancelado em ’97, o modelo foi repaginado e apresentado na mostra militar AUSA 2015 como concorrente para o novo projeto LELT. O kit PH-35039 é 1/35 e vem com lagartas plásticas e PEs. Opções de pintura para 3 veículos.

Idealizada para obras em áreas de conflito, a JCB HMEE-1 é uma escavadeira blindada para uso no carregamento de veículos, desobstrução/obstrução de caminhos e pode ser operada com sistemas de visão noturna. Kit 1/35, PH-35041.

Cada vez mais impressionante, o poderio do PLA chinês tem crescido vertiginosamente, recebendo veículos modernos para suas forças terrestres, como o IFV ZBD-08 com sistema antitanque HJ-10 composto de 2 lançadores quádruplos de mísseis cujo alcance beira os 10km.  Kit PH-35043, 1/35, vindo com PEs.

Mais compacto e leve que o veículo original, o Maxxpro Dash(1/35, PH-35044) é um modelo ideal para locais mais apertados e missões onde discrição e/ou agilidade importam, desenvolvido para o US Army durante a OEF.

Desenvolvido pela General Dynamics, o Cougar MRAP 4×4 H A1 ISS 1/35 é o kit PH-35040 e vem com uma cartela de PEs para melhor detalhamento.

A Kitty Hawk apresenta duas versões do Foxbat em 1/48: o Mikoyan-Gurevich MiG-25RB/RBS(KH80113, foto, 6 aeronaves representáveis) e o MiG-25PU(KH80136).

O complexo Buk-M2, formado do transportador, radar de aquisição e lançador para os 4 mísseis terra-ar 9M317 na 1/35 é o kit PH-35034 e vem com decalques para representar 8 veículos distintos.

Designado como sucessor do impressionante 2S19 Msta-S, o 2S35 Koalitsyia-SV é uma artilharia móvel que usa o mesmo chassi do Msta, mas com uma torre, arma e sistemas muito mais modernos, dando capacidade de atingir alvos a 70km com grande precisão e de forma praticamente autônoma. O kit PH-35046 é 1/35 e vem com uma grade de PEs.

Baseado no chassi modular do T-14 Armata, o TBMP T-15 é a evolução do Terminator baseado nos chassis do T-72 e T-90. Armado com um canhão de 57mm, uma metralhadora PKT e lançadores de mísseis antitanque Kornet, o blindado é um ótimo apoio tanto para MBTs quanto para infantaria, chegando na 1/35 como o modelo PH-35051.

  • Meng

O M60A1E2 foi idealizado para parar as ondas blindadas soviéticas na Europa, mas acabou em todos os cantos do mundo, enfrentando toda a sorte de novos adversários e desafios. O israelenses adoraram esses MBTs mas logo viram que eles precisavam passar por severas melhorias e puseram a mão na massa. O resultado é o Magach 6B Gal Batash(1/35, TS040) que traz uma torre inteiramente reprojetada, novo controle de tiro e blindagens extras. Quem quiser se aventurar por suas 813 peças, pode esperar por PEs, suspensão funcional e lagartas elo-a-elo. Caso deseje um upgrade, o conjunto SPS-065 vem com cobertas para os lançadores de granadas de fumaça e para o cesto atrás da torre de tiro em resina.

Um dos Leopard1 mais modernos da atualidade é o modelo canadense C2 com blindagem modular MEXAS. Operando no Afeganistão, esse modelo logo se viu em diversas missões como a de desobstrução de caminhos. Para isso, foi equipado com uma pá retrátil na dianteira. O kit TS041(1/35) vem com 500 peças, lagartas de peça única, PEs e suspensão móvel(assim como a pá frontal).

  • Model Collect

A Modelcollect lançou um kit que reproduz, de uma tacada só, CINCO T-72 alternativos, a saber: A, AV, B, BV e B1, que foram sendo postos em produção entre os anos ’70 e ’90. Kit UA72194, 1/72.

Na mesma pegada de um kit poder reproduzir múltiplos modelos, o S-300/400 Launcher vem com peças para a montagem de um dos 4 lançadores de mísseis terra-ar russos de longo alcance: 5P85TE2(S-400) ou 5P85SE/5P855/5P85D(S-300) na escala 1/72. Item UA72173.

O Boeing B-52G Stratofortress com bomba nuclear de hidrogênio B28 na 1/72 é o kit UA72207 e é uma edição limitada!

A versão H do bombardeiro estratégico B-52 na 1/72 é o kit UA72200, trazendo detalhes da cabine e baia de bombas. Decalques para um aparelho da USAF.

Mais moderno(e caro) de operar é o Northrop B-2 Spirit, fornecido aqui na sua versão A, 1/72(UA72206). De diferente, esse kit traz a GBU-57 de 14t, projetada pela Boeing para penetrar fundo no terreno antes de explodir, sendo ideal para acabar com casamatas.

  • Riich

Conhecido por Satan ou Ronson, o Wasp Mk.II Carrier armado com um tanque de combustível, pressurizador, lança-chamas e tripulação, é o kit RV35036, que vem com PEs e decalques para dois carros.

  • Takom

O FRIES Strabokran 1/35 é o kit 2109 e vem com decalques para 4 estruturas.

Se quiser um algo mais, o Strabokran vem num combo super especial com 5 opções de Panther possíveis: A Früh, A Mitte e A Spät(todas sem Zimmerit), A Mitte/Spät(com Zimmerit) e D(Spät e Zimmerit). Todas, claro, vem com interior completo e são postas aleatoriamente junto com o guindaste. Combo 2108, 1/35.

Mais um kit Full interior alemão da IIGM será o Sd.Kfz.173 Jagdpanther G1(1/35, 2106). Ele vem com PEs, 5 opções de decalque, lagartas elo-seção e escotilhas posicionáveis.

Após um substancial sucesso na 1/35, o combo M1090+M1000 transportando uma Caterpillar D9R aparece na 1/72(primeiro kit 1/72 deles que eu me lembre…) com código 5002, vindo com PEs.

Outro combo para dar água na boca dos amigos da militaria 1/72 é o set 5003 com os caminhões pesados russos KZKT-537L e o MAZ-537. Espere por PEs e decalques para 8 veículos diferentes.

  • Trumpeter/Hobbyboss

O Sherman M3A3E8 105mm 1/72 da série WOT(??) é o kit 07168, vindo com base de exposição e peças para armar o blindado tanto com a arma de 105mm contra fortificações, quanto com a de 76mm e um par de decalques genéricos.

Na mesma série, temos o T-34/85 1/72(07167) tem pouco mais de 80 peças, lagartas de vinil, decalques genéricos, escotilhas destacadas e cabo de reboque de corda.

Além da S-Model, agora a Trumpeter também oferece o canhão de assalto móvel pesado SU-152 1/72. Vindo com decalques para, no mínimo 4 veículos diferentes, além das tradicionais  inscrições patrióticas(“Pela Pátria-Mãe” e “Morte aos ocupantes alemães!”), o kit 07129 é composto por pouco mais de 50 peças.

O T-80U 1/35(09525) traz PEs, cabo de reboque metálico, lagartas elo-a-elo e 4 opções de veículos representáveis. São 940 peças no total.

O T-72B3 russo na mesma escala 1/35 é o kit 09508 e vem com o habitual para a escala ofertado pela Trumpeter: PEs, lagartas com elos separados, cabos de reboque em metal, mangueiras de borracha… Mais o que realmente se destaca é a criatividade dos decalques ofertados: dá para reproduzir 4 veículos russos(tanto operacionais, quanto comemorativos) e 5 veículos da competição de tanques(Rússia, Irã, Cazaquistão, Armênia e Sérvia). São 1100 peças.

Conhecido como Hosta, o 2S34 é uma artilharia móvel, pensada para ser um upgrade dos antigos 2S1 Gvozdika, ainda muito comuns no Exército Russo hoje. Com uma nova arma 2A80-1 de 120mm de carga semi-automática, o novo carro pode ser usado como obuseiro ou morteiro, dando mais versatilidade ao novo veículo que começou a entrar em serviço por volta de 2011. O modelo 09562 vem com lagartas elo-seção, 2 grades de PEs, cabo de reboque metálico e pouco mais de mil peças, com decalques para duas viaturas.

O S-300 é uma família de sistemas anti-aéreos que começou a ser produzida em ’88 para conter IRBMs, mísseis táticos, de cruzeiro, aeronaves e servir como estação de alerta antecipado. O S-300V era a versão com lagartas, para alta-mobilidade e com uma característica muito desejada: o lançador já dava as coordenadas para o míssil, reduzindo a necessidade de operar sempre com um radar móvel especializado. Como os mísseis têm guiagem ativa, a bateria pode se deslocar após um disparo para evitar retaliação. O kit 09519 é 1/35, tem 1200 peças, incluindo PEs, lagartas de elos individuais, máscaras de pintura e duas opções de finalização.

Falando em radar de aquisição, o 30N6E, montado num chassi MAZ, também trabalha para o sistema S-300 de defesa terra-ar. O kit 1/35 desse veículo é o 01043, composto de mais de 1100 peças, dentre as quais, pneus de borracha, PEs, cabo de reboque de metal e opções de pintura para 6 veículos.

Entrando na onda de empresas com RFM e Takom, a Trumpeter traz o Maus 1/35 com interior completo e decalques para 5 blindados diferentes(09541). Com mais de 1500 peças, incluindo PEs, corrente metálica e lagartas elo-a-elo, certamente será um kit de destaque!

O Tiger Mitte 1/35 tem 11 opções de representação e vem com Zimmerit na carroceria é o kit 09539 com mais de 550 peças, dentre as quais PEs e lagartas de elos individuais.

O trator alemão Sd.Kfz.8 1/35(09538) vem com 700 peças, 2 opções de pintura, uma corrente metálica, PEs, lagartas elo-a-elo, máscaras e pneus de borracha.

O Panther Ausf.G 1/16 da Trumpeter é o kit 00928, composto de mais de 2300 peças, incluindo o interior completo do blindado. Como era previsível, o cano da arma é de metal torneado, são 6 grades de PEs, um cabo metálico de reboque e decalques tanto específicos para 5 viaturas, quanto genéricos para outros blindados.

Finalmente o interceptador pesado Tupolev Tu-128M 1/72 ganha uma nova oferta, quebrando o monopólio da Amodel. O modelo 01687 vem com PEs, um par de mísseis Bisnovat R-4 e umas 130 peças.

O Curtiss P-40F 1/32(03227) pode representar 4 aeronaves diferentes(3 delas do TO do Mediterrâneo e uma do Pacífico – aparentemente) e tem uma contagem incomumente baixa de peças: são pouco mais de 140, incluindo pneus de borracha e PEs.

Na 1/350, a parte naval da Trumpeter nos brinda com o HMS Exeter(05350). Ele vem com casco full, estande, PEs e corrente para âncora. São 330 peças.

O antigo encouraçado alemão DKM Schleswig-Holstein da IGM era um pré-dreadnought da Classe Deutschland que participou da batalha da Jutlândia. Entretanto, seu grande papel de destaque para a história seria dado em 1º de setembro de 1939, quando suas baterias foram as primeiras a abrirem fogo contra os poloneses, iniciando a IIGM. Em 1944, a embarcação foi semi-afundada após um ataque da RAF. Capturado pelos soviéticos, o navio seria semi-consertado e renomeado Borodino até ser parcialmente desmontado e usado para prática de tiro entre ’48 e ’64. Hoje seus restos são protegidos pela sociedade histórica da Estônia. O kit 05354 é 1/350, vem com 6 grades de photo-etcheds e mais de 400 outras peças em plástico para representar o navio em 1935, quando foi terminada sua modernização e o navio seria visto como a nau-capitânia da Kriegsmarine.

O F/A-18C vem dividido em 240 peças que permitem reproduzir um aparelho australiano equipado com mísseis AGM-84 Harpoon, AGM-88 HARM e AIM-7;  bombas JDAM, GBU-10 e Mk.82. Item 1/48, 85809. Duas opções de pintura.

Haja espaço! Estamos falando de um Consolidated B-24J Liberator…. 1/32!!!! O kit 83211 tem mais de 540 peças, PEs, pneus de borracha e decalques para 2 aviões.

O diminuto tanque leve BT-2 soviético 1/35 é o kit 84514. Ele vem com lagartas de elos individuais, duas opções de pintura e photo-etcheds.

Com a chegada da Wehrmacht no Leste, em pouco tempo ficou patente a necessidade de tanques mais bem armados e blindados para enfrentar ameaças como o KV-1, o KV-2 e o T-34/76(que já vinha se evidenciando após as análises de carros capturados como o Matilda e o Char.B). Um dos modelos saídos dessa necessidade, foi um protótipo chamado de VK.3001(P), produzido pela Porsche, para competir com o modelo da Henschel e equipar a Panzerwaffe. O kit 1/35 do VK.3001(P) é o 83891,  composto de aproximadamente 400 peças, PEs, decalques genéricos e lagartas de elos individuais.

  • AFV Club

O conjunto SE73516 vem com os veículos americanos da IIGM para dioramas na 1/350(especialmente cenas portuárias e de desembarque. Estão nesse set: LVT-2/4, ambulância Dodge, caminhão DUKW, tanque M4 75mm VVSS, carro M3, caminhão CCKW e arma de campanha M1.

Para complementar os veículos(ou será que os veículos seriam o complemento?), a AFV traz o LST-1 1/350(73515).


Gostou da leitura? Dê uma passada na Loja da Usina dos Kits, confira dezenas de produtos para a prática do plastimodelismo e adquira já o seu!


Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


About the Author

Engenheiro de computação formado na UFES e com diversos cursos na área de redes e tráfego de dados, absolutamente louco por carros, aviões, trens, tanques, caminhões, história e estratégia. É o braço técnico da UdK.



Back to Top ↑