Kits

Published on julho 13th, 2018 | by ES1

0

Novidades da Europa(Julho, 2018)

Set comemorativo do centenário da RAF,uma nova fabricante no leste europeu, um APC inglês, um AWACS 1/144 russo e um novo T-72B aguardam você, dentre muitas outras novidades aqui. Leia!

  • Airfix

O centenário da RAF é comemorado com o conjunto  A50181 1/72 com um EF2000 Typhoon F.2, um Spitfire Mk.Ia e um Sopwith Camel 2F1. Como é um Gift Set, há também 12 frascos de tinta, 2 pincéis e 2 tubinhos de cola.

O Fokker Eindecker E.III 1/72 é o modelo A01087, 35 peças e decalques para o aparelho voado por Ernst Udet em 1916.

O Vickers Wellington Mk.Ia/c 1/72 é o kit A08019. O modelo traz interior, baia de bombas detalhada e decalques para dois aparelhos que operaram em 1940/1.

  • Italeri

Começamos com um conjunto de figuras 1/72 de tropas do Royal Army e de indianos(chamados de Sepoys). Tais tropas lutaram na Guerra Anglo-Afegã no final do Séc.XIX. São 50 figuras, item 6187.

Ainda falando de britânicos na 1/72, há um conjunto de hussardos com seus cavalos, composto por 12 figuras. Código 6188.

Com 5 opções de decoração diferente, incluindo Arábia Saudita, Suíça e Inglaterra, o BAe Hawk T.1 1/72 é o kit 1396, vindo com cargas sub-alares que incluem AIM-9 ou tanques de combustível.

Na 1/48, temos o F-117A Nighthawk da USAF(2750). Impressionante ao ser mostrado ao público, o F-117 da Italeri traz 7 opções de decoração diferente (incluindo uma com camuflagem de dois tons). Entre as peças, temos 2 tipos diferentes de bombas laser Paveway e canopy pré-tingido.

O Flakpanzer IV Wirbelwind 1/72 é o kit 7074. Com decalques que possibilitam a montagem de até 3 unidades diferentes, o diferencial desse kit são os extras: peças para montar tanto o Wirbelwind, quanto o Pz.Kpfw.IV Ausf.F2/G/H. Acompanha 2 figuras e as lagartas são plásticas elo-seção.

Kursk, Anzio, Sicília, Sul da URSS… O Tigre I E(6557) ainda vem com duas opções de lagartas: elo-seção(plásticas) ou inteiriças(de borracha) e pode representar uma viatura operando em qualquer um dos 4 teatros de operações referidos.

O letal Flak 36/7 de 88mm entra na lista dos kits a serem oferecidos na série Warlord na 1/56. São 3 opções de pintura e 7 figuras inclusas.

Com pneus de borracha e sprues de múltiplas cores, o caminhão Freightliner FLD120 Special é o kit 3925 na 1/24.

O tanque Tecnokar de 20 pés com carreta é uma adição interessantíssima para aqueles que montam caminhões europeus. O kit 3929 vem com placas para 18 países, decalques comerciais de uma empresa e peças em PE, além de pneus em borracha.

  • Revell

Nível 5 e escala 1/8. A nova moto US Touring Bike é o kit 07937 e vem com detalhado motor V2, além de roda e direção móveis.

Fruto da absorção da Maco pela Revell, o Pz.Kpfw.II Luchs aparece como kit 03266 na 1/72.  As lagartas são plásticas do tipo elo-seção e decalques vêm para duas versões usadas na Frente Oriental: Kursk e Curlândia. Nível 4.

O código 03908 designa o Hawker Hunter em comemoração ao centenário da RAF esse ano. Canopy posicionável, tanque sub-alar, 2 opções de decalcamento e casulo com lança-foguetes estão entre as características desse kit.

  • Eduard

Moleza para quem quer uma montagem tranquila, o Me-109G2 da Eduard da Série Weekend na 1/48 traz decalques para aparelhos da Luftwaffe operando na URSS e na Finlândia. Item 84148.

Já na contra-mão da simplicidade, quem quer um modelo desafiador pode apelar para o R.A.F SE.5a 1/48 de caça noturna da Série Profipack(82133). Com PEs, máscaras de pintura e peças em resina, o kit, cujo molde original é Eduard mesmo, o modelo ainda vem com 2 cartelas de decalques, possibilitando reproduzir 4 aparelhos diferentes operados em 1918.

A série Royal Class é estendida com a chegada do MiG-21MF. Mas espera aí que não é um kit que vem na caixa R0017: são dois MiGs completos na 1/72 com decalques Eduard/Cartograf, um pôster, peças em resina e máscaras de pintura, além dos PEs pré-pintados. Decalques para 12 aparelhos diferentes de países que englobam: Índia, URSS, Angola, Eslováquia, República Tcheca, Egito e Iraque.

  • IBG

Poloneses atacando com tudo: o tanquete TKS da IIGM chega em 3 vertentes distintas: o armado com canhão de 20mm NKM wz.38 e código E3501 vem com tintas Hataka, cola e pincel; o E3503 traz o tanque sem materiais extras e o E35046(foto) vem com o TKS com arma de cano metálico torneado e duas figuras.

Semelhante ao StuG, o Zriniy era um canhão móvel que podia receber uma arma antitanque ou um canhão mais pesado para uso contra fortificações inimigas. O kit 72052 traz o 40/43M Zrinyi II na escala 1/72 com arma de 105mm e chapas extras bem ao estilo dos Schürtzen alemão.

Baseado no design do tanque Chi Ha, o Chi He(72055, 1/72) era um desenvolvimento do modelo inicial com motor, blindagem e armamento melhorados. Pela primeira vez, todos os blindados de uma nova série passaria a contar com rádio como equipamento padrão. Entretanto, o Chi He ainda era inferior ao M4 Sherman dos EUA. Alocado para a defesa das ilhas principais do Japão, o Chi He acabaria sendo redesenhado e melhorado, originando o Chi Nu.

O Pz.Kpfw.IV Ausf.A 1/72 da série World at War é o kit WAW004.

E, por último, temos o Pz.Kpfw.II Ausf.A da mesma série como o kit WAW005.

  • RS Models

Criado como avião de acrobacias na Tchecoslováquia, o Avia Ba-422(94003) recebe seu primeiro kit de um grande produtor. O modelo 1/72 vem com PEs, decalques para 2 aparelhos, motor em resina e é edição limitada!

Com fuselagem e motor radial em resina, canopy em vaccuum-forming, PEs e decalque pra um aparelho, o Avia B.322 também é edição limitada, atendendo pelo código 94002.

Com motor, fuselagem, capô e trem de pouso em resina, além de photo-etcheds, o Avia B.222 1/72 é o kit 94001

  • Special Hobby

O CASA Aviocar construído na Espanha foi arrematado pelo US Army para uso de infiltração de equipes, além da própria CIA. O modelo SH72385 é 1/72 e vem com diversas peças de conversão extras e decalques para 4 aparelhos: um do US Army, um clandestino(CIA) e 2 de uma empresa de defesa privada.

  • Ace

O kit 72433 traz o transporte blindado 6×6 britânico FV603B Sarracen Mk.II 1/72 com decalques para 3 unidades do Royal Army.

  • ICM

A VVS comeu o pão que o diabo amassou durante a Barbarossa, vítima de reaparelhamento inadequado, falta de planejamento e dos expurgos stalinistas. Mesmo assim, ela aprendeu com os próprios erros e tornou-se uma força militar muito mais poderosa que a Luftwaffe na reta final da IIGM. Em sua homenagem, a ICM lança um conjunto de figuras com 3 membros da VVS com roupas usadas no período compreendido entre 1939 e 1942. Kit 32102.

Muitos não sabem, mas na IGM, os franceses usaram taxis parisienses para levar suas tropas até a frente de batalha. E, agora, temos esse taxi à disposição na 1/35 com o kit 35659(Taxi de la Marne – 1914)!

  • Mikomir

O Hunting Provost T.51/3 de treino e ataque leve da Mikromir na 1/48 é o kit 48-015.

Muito menos conhecidos que seus homólogos alemães., ingleses e americanos, os submersíveis soviéticos causaram sérias dores de cabeça ao Eixo. Uma das classes operadas pela Marinha Vermelha era a P, também conhecida como Pravda(“Verdade” em russo). Dos 3 submersíveis dessa classe construídos, apenas o Pravda foi perdido em 1941, na costa da Finlândia, com os demais dois navios, o Zvezda e o Iskra(foto, 1/350, 350-035) sobrevivendo ao conflito.

  • Miniart

Um interessante conjunto de tripulantes de tanque alemães da metade final da IIGM está disponível na 1/35 a partir desse mês(GERMAN TANK CREW (Normandy 1944) SPECIAL EDITION) composto de 5 figuras em posição de descanso. Item 35275.

O conjunto de figuras alemãs não ficará sozinho: tanquistas soviéticos na 1/35 também chegam esse mês como kit 35254. São 4 figuras em posição de descanso, voltadas aos tanques pesados(KV-85, IS-1 e IS-2) e tanques lança-chamas(OT-34).

E, se temos soviéticos, temos que ter vodka! O set com caixas e garrafas dessa famosa bebida na 1/35, 35577. 

O kit 35583 traz grandes carretéis de madeira para cabeamento, comumente vistos em áreas de construção, portos e fábricas. Escala 1/35, 6 carretéis e decalques para 20 opções de decoração distintas que podem ser usadas desde os anos ’30 até os anos ’80!

O conjunto Kfz.70+F.K.39(r) traz um carro Mercedes-Benz rebocando um canhão 76,2mm F-22 soviético capturado. O carro pode ser montado com as portas abertas ou fechadas e o teto pode ser representado estendido ou rebatido. Opções de decalques para 2 viaturas e PEs fazem parte do pacote do kit 35189.

  • Sova Models(Novo!)

Essa fabricante entra em nosso radar a partir desse mês em grande estilo. O McDonnell Douglas F-4J 1/144 é o kit SVM14001. Decalques para USMC e USN.

A aeronave da Northrop-Grumman, o Firebird, foi desenvolvido como tendo versões UAV e pilotada. Esse mês teremos 2 versões tripuladas(SVM72001 eSVM72003) e uma remotamente controlada(foto, SMV72002). Escala 1/72.

O turboélice Beech 1900 aparece em duas variantes: a C1(ambulância aérea, foto, SVM72005) e a D(Northern Thunderbird Air, SVM72004).

O Handley-Page HP.137 1/72 é o kit SVM72008.

Fechando os turboélices civis, temos o Jetstream 32ER(SVM72010).

Para quem curte aviação militar em cores diferentes, o IAR romeno aparece com os caças IAR-81C(SVM72012) e o IAR-80A(foto, SVM72013). Escala 1/72.

Não menos importante, a Sova-M traz o Dassaul Falcon 50M Surmar 1/72 nas cores da Marine Nationale da França.

Por último, o caça-tanques romeno Maresal(“marechal” em romeno). Projetado em 1942, o modelo inicial era montado no chassi do T-60 soviético capturado, com a arma de 122mm soviética -provavelmente o A19. A partir do 4º protótipo, passou-se a adotar a arma Resita Mod.43 de 75mm. Os alemães ficaram impressionados com o desempenho do veículo frente ao StuGIII Ausf.G e, reza a lenda, ele deu origem ao Hetzer. Kit 1/72, SVM72011.

  • Unimodel/UmMT

Muito material foi perdido pelos soviéticos em 1941. Mesmo os novos T-34 caíram muitas vezes em mãos alemãs por falta completa de treino das tripulações. Alguns desses tanques foram recolocados em uso pela Wehrmacht, mas outros acabariam sendo adaptados para a defesa de composições ferroviárias, como é o caso do item 674: uma carroceria de T-34/76 Mod.41 soldado num vagão-plataforma para defesa antitanque. O kit traz base de trilhos, peças em resina e PEs, além do plástico propriamente dito e de fios metálicos. Escala 1/72.

  • Zvezda

Com 245 peças, o T-72B 1/35 dos russos é sensivelmente mais simples de montar que seu homólogo da Trumpeter/Hobbyboss, cuja contagem de peças ultrapassa muito o triplo disso. O kit 3550.

O conjunto de figuras 8057 traz os Dragões suecos(cavalaria de assalto) de Carlos XII com 18 figuras(39 peças no total). Escala 1/72.

Para complementar a força real sueca, temos o conjunto 8066 com a artilharia de campanha, composto de 33 figuras, 5 canhões e peças diversas(carroças, barris, etc…). São 139 peças, ao todo na 1/72.

Manter controle do espaço aéreo é imperativo nos dias de hoje. Mas não adianta nada ter bons caças, sem unidades que os direcionem apropriadamente. Para contornar isso, a Ilyushin e a Beriev desenvolveram o A-50, uma aeronave nos moldes do Boeing E-3 Sentry americano e do R-99A , para controle do espaço aéreo. Entrando em serviço em 1984, o A-50 passou a ser modernizado, dando origem a quatro variantes: M, U, I e E/I. A M recebeu equipamentos digitais em substituição à suíte analógica do modelo original; a U é uma versão com aviônica modernizada e peso severamente reduzido, ao passo que a capacidade de combustível foi ampliada; a I e E/I são versões russas feitas para os indianos com sensores israelenses e seu modelo de exportação(respectivamente). O kit 7924 é 1/144, composto de 195 peças e decalques para 2 aparelhos. Agora o modelo da Trumpeter já não está mais sozinho no mercado…


Gostou da leitura? Dê uma passada na Loja da Usina dos Kits, confira dezenas de produtos para a prática do plastimodelismo e adquira já o seu!


Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


About the Author

Engenheiro de computação formado na UFES e com diversos cursos na área de redes e tráfego de dados, absolutamente louco por carros, aviões, trens, tanques, caminhões, história e estratégia. É o braço técnico da UdK.



Back to Top ↑