Kits

Published on março 17th, 2019 | by ES1

2

Novidades da Europa(Março, 2019)

Mais de 70 kits novos da Europa estão aqui cobertos nessa matéria, inclusive uma bela homenagem à história do Brasil, vinda lá da Rússia. Leia tudo aqui.

  • Heller

O Messerschmitt Me-109B1/C1 nas cores da Legião Condor é oferecido com pincel, cola e tintas na 1/72 como item 56236,

O North-American T-28 Trojan 1/72 passa a ser oferecido como um model set também com o código 56279. Ótima chance para obter uma miniatura para reproduzir a aeronave usada pela Marinha do Brasil.

O Supermarine Spitfire Mk.XVIe foi a primeira versão a ser equipada com canopy em formato de bolha e motorizado com um Merlin 226, desenvolvendo-se com base na variante IX. O model set da Heller tem código 56282 e escala 1/72.

O destróier de escolta classe Le Corse vem num super combo não com 1, mas com 4 kits completos na 1/400 com o título “ESCORTEURS RAPIDES E50”! Código 81093.

Com 45 peças, o trator 1/24 Massey-Ferguson 2680 na escala 1/24 aparece como kit comum(81402) com como model set(57402).

O último navio cargueiro à vela do mundo foi o alemão Pamir(construído em 1905 pela Blohm & Voss), operado pela companhia Läisz, também foi a última embarcação do tipo a passar pelo Cabo Horn e operou até 1957, quando afundou nas imediações dos Açores por conta de um furacão. O kit 80887 tem escala 1/150.

O veleiro Fauvette aparece na 1/200 como kit 80612.

A escuna britânica Amphitrite 1/150 é o kit 80610.

Produzido pela Amiot sob licença, o Junkers Ju-52/3m foi renomeado AAC.1 Toucan e operou nas cores francesas bem após o fim do conflito(só foram aposentados em 1961). Escala 1/72.

O Citroën AC4/6 lançados na década de ’20 aparecem na 1/24 nas versões Furgounette(furgão, 80703) e um micro-ônibus de turismo(80713, foto).

  • Italeri

O M3 Lee já estava desatualizado em idos de 1942. Mesmo assim seu chassi foi usado para levar a cabo inúmeras modificações, como veículos de socorro, holofotes portáteis ou artilharia móvel. O M12 GMC tinha uma arma de 155mm GPF francesa. Decalques para 4 blindados do US Army no ETO entre 1944 e 1945, munição, 1 tripulante e lagartas plásticas elo-seção compõem o kit 7076 na 1/72.

O kit 6563 representa o Steyr RSO/03(versão simplificada de produção) com uma PAK40 1/35, nível3. Lagartas de borracha e decalques para 2 viaturas alemãs.

O Convair B-58 Hustler 1/72 é o kit 1142 vem com 6 opções de decoração de aviões do SAC entre 1960 e 1964.

O bombardeiro Savoia Marchetti SM 81 Pipistrello chega na 1/72 com lindas e intrincadas opções de pintura de aviões usados na IIGM e na guerra civil da Espanha. Nível 3, código 1388.

O caminhão Mercedes-Benz 2238 1/24(3943, 1/24) vem com pneus de borracha, peças moldadas em plástico de múltiplas tonalidades, placas para mais de 8 países distintos, motorização e transmissão completos.

O Audi Quattro pilotado por Hannu Mikkola no início dos anos ’80 no WRC é representado pelo kit 3642, escala 1/24.

  • Revell

O Opel Admiral sedã 1/24(67042) chega como um kit nível 5, apresentando uma intrincada montagem do chassi e carroceria, mas vindo com toda a motorização que pode ser vista já que o capô e posicionável. O interior de luxo também pode ser visto pois o teto pode ser montado com a opção de ser encaixado ou efeticamente colado no resto da carroceria.

O Shelby Series I 1/24 Model Set é o kit 67039.

Mais um model Set na área: dessa vez trata-se do U-Boot Typ VII C/41 na escala 1/350(65154).

A geração 934 do Porsche 911 ganhou uma versão RSR para o campeonato de turismo, numa tentativa de dar um passo além em relação ao 930 Turbo(junto com o BMW 2002tii monopolizava o mercado de esportivos turbo na Alemanha). Com uma carroceria ainda mais larga pros novos pneus, um aerofólio muito maior, motor de 3 litros e injeção nova Bosch, traduzindo em 340cv jogados nas rodas traseiras através de uma transmissão de 4 machas. Isso em 1976!! Seu desempenho nas pistas foi absolutamente devastador, conquistando campeonatos de turismo nacional, europeu e mundial. Para o mercado, havia ainda a benesse de que o Grupo 4 da FIA exigia uma produção mínima de 400 carros de rua. A Revell lança o carro de corrida da Martini Racing, com gaiola, motor de corrida, capô móvel e porta-malas posicionável. Kit 07685, 1/24.

O vapor fluvial Goethe foi construído em 1913 pela Werft Gebrüder Sachsenberg in Köln-Deutz e, desde então tem operado quase ininterruptamente. Afundado por um ataque aéreo em 1945, foi recuperado pela Ruthof-Werft in Mainz-Kastel no ano de 1953 e passou a fazer o roteiro de quase 200km entre Köln e Mainz sob a bandeira da Köln-Düsseldorfer Deutsche Rheinschifffahrt AG até os dias atuais. O kit 05232 é 1/160, vindo com um poster e material de pintura e colagem.

Ele traz figuras de pára-quedistas, opções de porta aberta/fechada, decalques para dois aviões da Luftwaffe, interior detalhado, hélices móveis, 170 peças e nível 5 de dificuldade. Trata-se do Junkers Ju-52/3m 1/48(03918).

Re-box da Zvezda, o Kamov Ka-58 (03889) 1/72 volta à oferta da Revell. Decalques para 2 aparelhos.

Com figura de piloto, 4 opções de decoração, escala 1/32 e 51 peças, o Bell X-1(nível 4) é o kit 03888.

A lancha torpedeira alemã classe S-100 1/72 traz casco completo, 3 armas antiaéreas(2 de 20mm e 1 de 37mm), sistema de lançamento de minas e torpedos G7e. São 184 peças no total, nível 4.

“Unimogs can’t die”. Quem conhece os valentes caminhões todo-o-terreno alemães Mercedes-Benz UniMoG, sabe que é verdade, o que os tornou altamente desejáveis por militares, civis e instituições especiais. Hoje, UniMoGs são usados como caminhões, reboques ou até veículos de socorro, como é o caso do modelo representado pelo kit 07531 na 1/24: trata-se do caminhão de bombeiro Schlingmann RW-1, motado com base nos UniMoGs de 5ª geração(ou mais recentes) e adicionando uma área de carga para itens de socorro, guincho para até 5t, gerador e um holofote, proporcionando capacidade para resgate em qualquer área de desastre. O kit 07531 é 1/24 e vem com decalques para 4 viaturas diferentes.

A NCC-1701 USS Enterprise 1/600 ganha um kit na série Technik da Revell(00454), ou seja, além das 91 peças plásticas e pedestal, ela traz sistema eletrônico com iluminação e sonorização alimentados por 4 pilhas AA(não inclusas). Decalques para 3 espaçonaves da Federação diferentes.

  • AZ Model

O treinador do Supermarine Spitfire Mk.IX UTI 1/72 vem com 4 opções de decalques para aparelhos soviéticos e tem código AZS7208.

Criado para altas altitudes, o Me-109G3 vem na 1/72 como kit AZ7607. Decalques para dois aparelhos voados por Günther Rall e um outro sediado na França entre os anos de ’42 e ’43.

A Hansa-Brandenburg é conhecida mais por seu hidroavião W.29, mas seu modelo B.I de caça biplano(Série 76, AZ7606) é o que está sendo replicado na 1/72, vindo com PEs e peças em resina. Decalques para aviões da Rússia, Alemanha e Iugoslávia.

O planador Schneider-Grunau Baby IIb é o kit AZ7605 na 1/72, vindo com 6 opções de aeronaves representáveis da tchecoslováquia(civis e militares).

Com pintura para aparelhos voados pelas Forças Aéreas da Hungria, Peru e Bolívia, o Zlin 242L vem com novas peças e um novo canopy. Kit 1/72, AZ7608.

  • Eduard

O caça biplano hidroavião francês Hanriot HD.2 aparece na 1/48 como kit da série Weekend para quem quiser montar algo diferente, mas de baixa complexidade.  Kit 8413, decalques para dois aviões franceses.

Com TRINTA E NOVE opções de decalques da Cartograf(Eslováquia, República Tcheca e Tchecoslováquia), o MiG-21MF 1/72 da Eduard ainda traz PEs pré-pintados, máscaras de pintura e um livreto com referências fotográficas. Edição limitada.

Com PEs, máscaras e decalques para 5 aviões distintos da Luftwaffe, o FW-190A8 1/72 Profipack é o kit 70111.

Também Profipack, o Messerschmit Me-109G10 com as modificações da fábrica WNF/Diana chega na 1/48 com PEs, máscaras e 4 opções de decalques para aviões da Luftwaffe. Código 82161. Para complementar, há o set “Gigi” da Bunny Fighter Collection(BFC071), para representar uma unidade bem específica de Me-109G10 da Luftwaffe: apelidado de Gigi, esse avião era um G10 da WNF/Diana, mas tinha alterações de campo(a empenagem traseira era de um G6 dos lotes iniciais). Ele traz decalques para esse aparelho específico em conjunto com o Profipack do G10 mencionado anteriormente.

  • Special Hobby

O avião de ataque Breguet Br.695 1/72(SH72399) vem com peças em resina e decalques para representar 2 aparelhos da Armeé de l’Air em 1940 ou um avião da França de Vichy em 1941.

O SB2U-3 Vindicator ganha kit na 1/72(SH72264) com 4 opções de pintura distintas. Ainda vem com uma metralhadora de auto-defesa em resina M1919.

O planador EoN Eton TX.1/SG-38, ganha decalques para aparelhos voados na Europa Ocidental(Bélgica, Inglaterra, França e Suécia) na escala 1/48(SH48198).

  • Valom

O Douglas RF-101 Voodoo 1/72 da Valom aparece como kit 72131. Para quem não souber, a Operação Sun Run, foi um par de viagens executada entre Los Angeles e Nova Iorque nos então novíssimos RF-101C da USAF, com o apoio dos igualmente inéditos KC-135 Stratotankers. Um par de aviões faria o vôo entre as duas cidades, enquanto o outro par faria um vôo de ida e volta na expetativa da quebra de recordes(que foram efetivamente batidos nessa missão).

Criado para ser usado como um avião multimissão(transporte de pessoal/evacuação médica e bombardeiro), o Bristol Bombay podia transportar bombas em racks externos ou fazer o lançamento de minas anti-pessoal pela porta. Como era obsoleto no início da IIGM, foi usado para missões auxiliares na retaguarda, operando até 1944. Kit 1/72, 72055.

  • Combrig

Vamos à esquadra que os russos estão pondo nas prateleiras em março! O primeiro é o navio-hospital Mongólia, usado pelos russos na guerra contra os japoneses em 1905. Kit 70177, 1/700, em resina(casco waterline) e PEs.

O Kostroma, assim como o Mongólia, era um navio-hospital russo usado na mesma época. O kit 70176 é 1/700, inteiramente em resina e PEs, vindo com casco linha d’água.

O navio-hospital Angara(depor renomeado Moskva) usado pelos russos até ser capturado pelos japoneses, sendo renomeado IJN Anegawa Maru, foi usado como cargueiro até ser devolvido aos russos, voltando a ser chamado de Moskva até ser renomeado(de novo) como Pechenga. Kit 70180, 1/700, casco waterline e PEs inclusos.

Por falar em Angara, olha ele aí na 1/700! Kit 70175, com PEs e casco waterline.

O Kasato Maru tem uma história e tanto para nós, brasileiros, pois ele fez a linha Tóquio-Santos, trazendo imigrantes japoneses pela primeira vez para o nosso país no início do século passado. Mas isso é apenas a pontinha da história dessa embarcação, recebida pelos russos como Potosi e sendo transferido para a força de embarcações auxiliares na guerra de 1905 contra os japoneses. Afundado em Port Arthur, foi consertado e capturado pelos japoneses, passando a seu usado como transporte até ’39, quando foi convertido em um navio para pesca-processamento, sendo afundado num ataque aéreo soviético no final da IIGM quando estava navegando pela costa da península de Kamchatka. Kit 70100, 1/700.

A canhoneira IJN Akagi 1/700(70191, foto) é waterline e vem com peças em resina e PEs. Sua irmã, a Maya(que deu origem à classe) é o kit 70190.

Um dos cascos da classe de cruzadores Orlan (conhecida pela OTAN como Kirov) foi convertido num navio de comando para a esquadra soviética, mas operava como posto de comunicação e estação de vigilância eletrônica. Kit 70363 é 1/700, e vem com uma gigantesca grade de PEs.

Poucos sabem, mas o Lenin foi o primeiro navio nuclear do mundo e o primeiro navio civil com reatores. Sua missão era liberar caminho para a navegação dos portos no norte russo durante os meses de inverno. Hoje é um navio-museu, ancorado em Murmansk. Ao contrário dos demais kits 1/700, esse vem com a opção de montar o casco completo e exibi-lo num pedestal. Item 70369, ainda vem com PEs e um helicóptero Mil Mi-2.

O encouraçado italiano Conte di Cavour foi o líder da classe homônima, que ganha um kit na 1/700. Construído no início dos anos ’10, foi usado na IGM e sofreu uma extensa modernização em 1937, partindo para a IIGM com muito mais blindagem, velocidade e poder de fogo. Atacado em Taranto, foi torpedeado e foi jogado contra a margem para evitar seu afundamento completo. Capturado pelos alemães em ’43, acabou passando boa parte do tempo sem uso algum até ser atacado em 1945 pela aviação Aliada, quando acabou emborcando. Kit 70497, casco waterline, configuração de 1940 e PEs.

O encouraçado Giulio Cezare era irmão do Conte di Cavour, mas teve uma vida mais atribulada, escapando do ataque de Taranto ileso, partindo para a escolta de comboios no Mediterrâneo, atuando nas batalhas do Cabo Spartivento e de Sirte, além de ter conseguido escapar para Malta em ’43 após o Armstício(kit 1/700, 70495, resina+PE, casco waterline). Em 1949, foi repassado para a URSS…

…onde ele foi chamado de Novorossisk e operou até 1955 quando acidentalmente acertou uma mina alemã da IIGM e acabaria afundando. Kit 70496, 1/700.

Com opção de montagem full-hull ou waterline, o destróier Frunze(foto) da Marinha Soviética é ofertado na 1/350, como kit 35141. O Frunze foi criado como membro da classe Derzky/Bespokoiny da IGM, operando até a IIGM, quando foi atacado por Stukas e perdido em 1941. Outro membros da classe a serem representados: Pylkyi(1/350, 35140), Bystyi(1/350, 35139), Pospeshnyi(1/350, 35138), o Gromkiy(1/350, 35137), Schastlivyi(1/350, 35136). Exceto o Frunze, que é fornecido na configuração modernizada da IIGM, todos os demais são apresentados como combateram na IGM. Todos os cascos podem ser montados como linha d’água ou completo e há presença de PEs.

  • ICM

O caça Polikarpov I-153 Chaika 1/72 ganha as cores e decalques da China na IIGM e é o kit 72076.

Por mais que os tempos tenham evoluído(e a tecnologia também), unidades com animais são extremamente comuns em todo o planeta. em Israel, a unidade de elite com cachorros é a IDF K-9 Oketz, que tem em suas principais missões, a busca por explosivos, busca por sobreviventes em desastres, resgates de reféns, localização de paióis e incursões em áreas como Gaza e a Margem Oriental. A figura do operador Oketz e seu cachorro ,a 1/16 é o kit 16102.

O Heinkel He-111H20 1/48 é o kit 48264. Em relação à versão-base do bombardeiro, o H20 era uma modificação para transporte de pessoal(notadamente, pára-quedistas).

O carro blindado francês Panhard P204(f) capturado pelos alemães volta com um novo tipo: o equipado com a torre de tiro CDM. Escala 1/35, 35377.

O caminhão Standard Liberty 1/35 passa a ser oferecido também na Série 2 de produção a partir desse mês como kit 35651. Em relação com a Série 1, essa é simplificada para baratear custos de produção.

  • Masterbox

Complementando os policiais lançados no mês passado, agora mais dois conjuntos de figuras na 1/24: o primeiro é o Johnson Brothers, com um par de ladrões armados MB24065.

Fechando os lançamentos da MB, a Sarah Woods traz uma figura de uma mulher baleada e no chão. Item MB24066.

  • Miniart

O set Totenkopf Kharkov 1943 traz 5 figuras na 1/35 de soldados das Waffen-SS em poses de descanso e com indumentárias de inverno. Totalmente equipados com cantis, baionetas, pás e armamento diverso(MP-40, Kar-98K e MG-42), trata-se do conjunto 35075.

O kit 35303 representa o vagão-plataforma soviético para cargas de até 18t(ideal para cargas em geral, caminhões, peças de artilharia e tanques leves). Pode ser montado com as laterais levantadas ou baixadas, vem com PEs, traz trilhos com a bitola soviética(mas podem ser adaptados para a bitola européia). Decalques para 6 unidades.

Mostrado na SWM, o guindaste de 5t e os equipamentos de oficina alemães na 1/35 vêm como set 35589.

O conjunto de camburões americanos 1/35 é o item 35595.

O rolete anti-minas KMT-7(37070) soviético pode ser acoplado em blindados 1/35 como os T-55 até os T-72 e os veículos de recuperação BMR. Inclui correntes de metal.

O trator Caterpillar Bulldozer D7 1/35 vem com PEs, lagartas elo-a-elo e decalques para placas de construção. Item 38022.

  • Roden

O Douglas C-133 Cargomaster começou a voar em 1956 pela USAF como avião para transporte pesado, inclusive de mísseis pesados ao redor dos EUA e do mundo, batendo vários recordes, inclusive sendo voado na época da Guerra do Vietnã, sendo aposentado em 1971. A Roden lança o C-133 em sua versão A na 1/144 como kit 333.

O Cessna O-2A Skymaster nas cores da USN na 1/32 vem como kit 632.

  • Sova-M

O drone Aeronautics Defence Systems DA-42 Dominator foi feito para os israelenses, baseado no Austrian Diamond que virou um aparelho ISR para reconhecimento. São 88 peças, item DPM-72009.

  • Unimodel/UmMT

A composição BP-43 “Ferroviário Soviético” 1/72 foi terminado em 1943, sendo composto de uma locomotiva blindada OK e 4 vagões blindados PL-43 com torres de tanque T-34/76 e uma plataforma antiaérea. Essa composição foi anexada à 61ª Divisão Independente de Trens Blindados do Exército Vermelho e operou com o 52º Exército. O kit 678 vem com seções de trilho e PEs, 1/72.

 

  • Zebrano/PST

Usado desde antes da IIGM, o PMG-1 era uma conversão de um caminhão GAZ AA em caminhão de combate a incêndios, com a adição de tanque para quase 150l de líquido para combate às chamas, porta-ferramentas e capacidade para transporte de até 8 bombeiros. O kit72111, escala 1/72.


Gostou da leitura? Dê uma passada na Loja da Usina dos Kits, confira dezenas de produtos para a prática do plastimodelismo e adquira já o seu!


Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


About the Author

Engenheiro de computação formado na UFES e com diversos cursos na área de redes e tráfego de dados, absolutamente louco por carros, aviões, trens, tanques, caminhões, história e estratégia. É o braço técnico da UdK.



Back to Top ↑