Ferramentas hataka

Published on fevereiro 22nd, 2019 | by Luciano Billotta

0

Você realmente conhece as tintas Hataka Hobby?

Na matéria de hoje, venho trazer um pouco mais de informações sobre as tintas Hataka Hobby, uma marca que começou a ser distribuída com mais intensidade desde 2017 aqui no Brasil mas que, por ser ainda desconhecida no mundo do Plastimodelismo, causa muita desconfiança.

O primeiro fato que apresento, é que a Usina dos Kits foi a primeira representante a trazer as tintas da Polônia para cá! 🙂 Portanto, se você estava preocupado sobre ficar desabastecido dessas tintas, relaxe pois a UDK está mantendo uma boa regularidade de importações de seus fornecedores(Hataka e AK).

As linhas de sets também causam uma certa estranheza pois diferem de outros fornecedores mais conhecidos no mercado, como as linhas da AK, Abteilung502, Ammo, Vallejo e similares. As Hataka Hobby se dividem em 4 grandes áreas:

  • a linha Azul (Blue Line) de tintas acrílicas com foco para aqueles que a desejam utilizar com pincéis;
  • a linha Vermelha (Red Line), composta por tintas acrílicas prontas para serem usadas em aerógrafo;
  • insumos: thinner enamel, thinner acrílico(dilui AK, Hataka, Mr.Hobby,, Tamiya, Vallejo, etc…), esfoliante(semelhante ao heavy chipping da AK), vernizes(fosco, brilhante e acetinado) e washes enamel; e
  • marketing: camisas com logo Hataka em tamanhos que vão de P até XGG, pintadas em Navy Blue.

Em resumo, tem material para agradar a qualquer gosto de plastimodelista! 🙂

Mas e qual a opinião dos modelistas sobre as tintas Hataka?

“Eu comecei no hobby há muito tempo e usei, em boa parte do tempo, as tintas Revell e Humbrol (ambas enamel). Como ficou muito difícil de achá-las no ES, passei a usar as acrílicas para artesanato(as famigeradas Acrilex/Corfix/Mercur/Mural Color). Assim que pus as mãos nas AKs, eu notei que tinha o melhor dos dois mundos: uma tinta específica para o modelismo(como as Humbrol/Revell), mas de aplicação simples, inodora, rápida para secagem e atóxica(como as acrílicas). Quando pus as mãos nas Hatakas, estava com uma certa desconfiança por se tratar de uma marca nova. Mas a qualidade de pintura, versatilidade, variedade e custo-benefício se mostraram irresistíveis. Mesmo a Red Line foi usada com pincel com bons resultados. Adorei!”

Frederico(Vila Velha, ES)


“Bom, eu comecei a usá-la ontem para pintar um Mirage 2000C e um Mirage IIIE BR que estou montando. Ambos podem ser pintados com o set dos Mirages(HTK-AS78).  Ontem eu usei a tinta direto no aerógrafo. Ela é muito densa. Para usá-la, tive que aumentar a pressão do compressor. Gostei muito da cobertura do azul que usei. Ela fica meio laqueada. Gostei muito.”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Gulherme Moura(Belém, PA)


 

 

 

 

 

Review Hataka por quem entende

Se ainda não conhece as Hatakas, vamos deixar o Lucas Rizzi, do blog Sprue Master falar:



Como se não bastasse, ainda há uma matéria completa sobre a primeira montagem do Rizzi de um PZL.P.11 com tintas Hataka Blue Line(HTK-BS01).

Curto e grosso: como são as tintas Hataka?

Conforme dito, as tintas da Hataka Hobby vêm em 3 classes. Dessas, apenas 2 mantém-se comercializadas normalmente pela Usina dos Kits (devido às restrições de transporte da Orange Line).

Seja linha azul ou vermelha, os conjuntos de tintas englobam grupos de 4, 6 ou até 8 tintas temáticas. Ao contrário de outras marcas de tinta, a Hataka optou por criar uma linha absurdamente versátil e abrangente: se é fácil você achar tintas para pintar aeronaves da USAF, qual a facilidade que você tem de achar tintas que reproduzem as cores usadas pela Suíça? Tchecoslováquia? Polônia? Romênia? França? URSS? Gente, até pinturas de aeronaves de resgate são encontradas na linha Hataka!

Ah, você monta blindados? Óbvio que há conjuntos para as viaturas alemãs. Mas há cores para veículos japoneses, franceses e até húngaros! E é muito comum que algumas cores de um set possam ser usadas em outros casos. Mesmo variações de temas aparentemente batidos podem ser encontradas: o US Army têm uma linha principal de cores(desérticas e OTAN), mas também possui um conjunto com a padronagem MERDC(usada, inclusive pelo Brasil em certa escala) e a MASSTER/DUALTEX(as primeiras experiências com camuflagem pixelizada).

Cada caixinha de papelão tem abertura pelas laterais e trazem as cores de sua respectiva linha. Na capa, há o conteúdo, título e a que ela se destina. No verso, uma explicação mais detalhada do produto e perfis coloridos de aeronaves reais cujas cores estão contidas no conjunto(ou de esquemas de camuflagem, no caso das militarias). Por fim, uma listagem de cores, com uma breve descrição do uso individual das mesmas.

Ao abrir a caixa, você pode dar de cara com 4, 6 ou 8 frascos de 17ml(mesmo padrão da Vallejo, AK e Ammo MIG). No interior de cada frasco, uma esfera de aço inox para auxiliar na mistura do pigmento com o solvente!

Como são aplicadas as tintas Hataka?

Se você está acostumado com as tintas AK Interactive, Meng e Ammo MIG, não há nenhuma diferença de uso das Hatakas. Como já as testei, posso assegurar o seguinte:

  1. são inodoras;
  2. têm boa aderência, especialmente se precedidas de primer(pode ser AK, Mr.Surfacer ou até Colorgin);
  3. o tempo de secagem das Red Line(para aerógrafo) é bem curto. A superfície pode ser tocada em minutos após a aplicação;
  4. é possível misturar as Hatakas com outras tintas acrílicas de diversas marcas, como AK e até as infames Acrilex;
  5. tem rendimento tão grande ou até ligeiramente maior que as AKs;
  6. a esfera de aço inox presente em cada frasco é uma mão na roda na hora de misturar; e
  7. ainda que a Red Line seja específica para aerógrafos, é possível usá-la, sem diluir muito com pincel, para retoques e/ou camuflagens(talvez o uso de um retardante facilite ainda mais o processo de aplicação com pincel).

Dito isso, aproveitem bastante as tintas polonesas Hataka-Hobby e tenham um bom modelismo!


Gostou da leitura? Dê uma passada na Loja da Usina dos Kits, confira dezenas de produtos para a prática do plastimodelismo e adquira já o seu!


Tags: , , , , , , , , , , , , , ,


About the Author

Engenheiro e Mestre em Eng. Elétrica, Empreendedor, Gestor e Coach fascinado pelo mundo do Empreendedorismo e Gestão Empresarial. Trabalha há mais de um ano com Empreendedorismo Digital e é um dos fundadores da Usina dos Kits.



Back to Top ↑